Glossário Astrológico- Sistema de Casas de Porfírio

Imagem do céu vista de baixo entre casas

Escrevemos, em outro artigo, sobre o sistema de casas do horóscopo de Placidus. Neste artigo falaremos de outro sistema de casas do horóscopo , popular na astrologia ocidental, conhecido como o sistema de Porfírio.

No sistema de casas de Porfírio, são encontrados em primeiro lugar as casas dos quadrantes- 1ª, 7ª, 4ª e 10ª. Encontradas as cúspides destas casas, as cúspides da 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 8ª 9ª, 11ª 12ª  são encontradas dividindo o arco entre cada uma das casas angulares: por ex., dividindo entre a 1ª e a 4ª casas por 3 , tendo deste modo as casas  não angulares  exatamente a mesma medida.  O arco da eclítica entre as casas angulares é simplesmente dividido por 3 para se encontrarem as outras casas, o que faz deste sistema um sistema simples.

Apesar de o sistema de Porfírio ser antigo, pois este astrólogo viveu  no século 3,  estando por isso incluído na Astrologia Helenística, também tem adeptos na época atual, ente os astrólogos ocidentais (a astrologia Jyotish continua a usar o antigo sistema de casas inteiras- uma casa um signo- e  este era também maioritariamente  usado, segundo defende o investigador mais eminente da astrologia helenística, Robert Schmidt, pelos astrólogos helenísticos). Apesar de este sistema de casas ser conhecido como «de Porfírio», a verdade é que outro astrólogo helenístico anterior, Vettius Vallens, do século 2, falou sobre ele no livro 3 da sua obra Antologia.

 Um dos argumentos usados pelos astrólogos que preferem o sistema de Porfírio é que este é simples, ao contrário da generalidade dos sistemas de casas usados na astrologia ocidental. Basicamente, os sistemas de casas dividem a eclítica em partes, sendo que o sistemas de casas iguais divide a eclítica em 12 casas de 30º cada, correspondentes a uma casa/um signo, começando a contagem a partir do Ascendente. (este é o sistema usado pela Astrologia Jyotish).

A primeira versão impressa da obra de Porfírio Introdução   foi publicada no século 16, popularizando o sistema de casas deste astrólogo.

Enquanto o sistema de casas de Placidus se baseia numa relação dinâmica de espaço/tempo, o sistema de casas de Porfírio usa apenas o espaço.

Apesar de haver em geral controvérsia entre os astrólogos ocidentais sobre qual dos sistemas- Placidus ou Porfírio ou ainda outros- é «mais correto», a verdade é que vários astrólogos referem que  a sua experiência com os vários sistemas de casas ao longo dos anos mostra que, apesar de algumas diferenças nos resultados, os vários sistemas, na sua opinião, funcionam todos.

Por exemplo, uma das vantagens do sistema de Porfírio é a de mostrar a centralidade dos ângulos da carta natal, dos 4 eixos do horóscopo, sendo as divisões das restantes casas comparativamente menos importantes. Assim, por ex., é enfatizado o eixo horizontal do horóscopo- 1ª e 7ª casa – como o eixo do self e não self, respetivamente; e o eixo vertical – 4ª e 10ª casa- como o domínio da vida privada e da vida pública.

Esta perspetiva também considera que os planetas colocados  próximos dos meridianos são os mais importantes do horóscopo, determinando os eventos mais significativos do destino pessoal.  E isto é certamente algo com o qual todos os astrólogos, seja qual for a tradição que seguem, concordam.

Também Poderá Gostar de Ler

3 Thoughts to “Glossário Astrológico- Sistema de Casas de Porfírio”

  1. JEFF The GREATEST

    Olá! Eu estava procurando a Conjunção Sol-Mercúrio na casa 4 e não encontrei. Da Casa 3 pulou para Conjunção Sol Mercúrio na Casa 5. Existe algum artigo dessa conjunção na Casa 4 aqui??

      1. JEFF The GREATEST

        Muito obrigado 😉

Comments are closed.