Encontrar e Definir os Chara Karakas

(alt=" ")

Como referimos num artigo anterior , existe controvérsia sobre o número de karakas a usar na análise do mapa. No entanto, essa controvérsia é apenas entre o uso ou não de Rahu como karaka, sendo que o texto deixado por Jaimini faz referência a um oitavo karaka. Este, no entanto, a ser usado, apenas pode referir-se a Rahu e nunca a Ketu..

Segundo o comentário do Sábio Parashara, em relação aos sutras de Jaimini  sobre os chara karakas , o autor e investigador  Narashimha Rao  afirma que Parashara refere claramente que , em certas circunstâncias, quando 2 planetas ocupam o mesmo grau, Rahu pode ser considerado como karaka. Se todos os planetas estiverem em graus diferentes, então Rahu deve ser excluído.

Ao comentar o que diz Parashara sobre esta matéria, parece que, desde sempre, se aceitaram duas conceções sobre isto: uma que aceitava apenas 7 karakas quando todos oso planetas estão em graus diferentes  e  outra que aceitava 8  quando existem 2 planetas colocados no mesmo grau.

Este autor e respeitado conhecedor da tradição da Jyotish rejeita deste modo as abordagens de S. Rath e a leitura de que Parashara terá admitido  que havia 2 escolas de pensamento acerca desta matéria e que ambas podiam ser consideradas certas.

Dado que os textos  Jaimini Sutras foram escritos em sânscrito, há que confiar em alguém que domine essa língua e seja capaz de fazer a tradução com seriedade dos versos originais sendo que , N. Rao adverte para o facto de a maioria dos tradutores não te conhecimentos de astrologia e, por isso, nem todas as traduções são fiáveis.

N. Rao estudou durante décadas e aplicou, nas sus práticas de astrologia, o sistema Jaimini, pelo que nos parece a opção mais fiável a seguir nesta matéria. Assim, em alguns casos usam-se 7 karakas e, em outros, usam-se 8.

Deste modo, são os seguintes os procedimentos para encontrar os chara karakas segundo N. Rao:

  • Anotar as posições dos 7 planetas, tendo em conta o grau. Se houver dois ou mais planetas com o mesmo grau, embora os minutos e segundos possam ser diferentes, Rahu deve entrar e usam-se 8 karakas. Se nenhum dos planetas estiver no mesmo grau, Rahu deve ser excluído e devem usar-se 7 karakas.

 

  • Quando os Chara Karakas são 7, a ordem é a que demos no último artigo; se for necessário recorrer a Rahu, inclui-se um outro chara karaka, sendo a seguinte a ordem dos karakas: AK, AmK, BK, MK, Pitrikaraka (pai) , Putrakaraka (filho), GK, DK. Neste caso são usados 8 planetas. Para incluir Rahu é preciso subtrair a longitude deste no signo a partir  de 30º porque Rahu está sempre em movimento retrógrado e entra nos signos a partir do final destes.

 

  • A determinação do Atma karaka tem regras especiais pois, quando há dois ou mais planetas no mesmo grau mais elevado, deve escolher-se aquele que tem mais minutos de longitude. Se os planetas estiverem também no mesmo minuto, contam-se os segundos. O que tiver mais segundos é o Atmakaraka. Note-se que, para os restantes karakas só se tem em conta o grau, não se dando atenção aos minutos nem segundos.

 

  • A seguir a encontrar o planeta Atmakaraka e seguindo a ordem referida antes, encontram-se os restantes karakas, contando apenas com a posição por grau nos signos, como dito antes.

Ao serem definidos como um certo chara karaka, os planetas tornam-se representantes de um conjunto de significados e área ou áreas de vida, associados a esse chara karaka.

Quando dois planetas estão no mesmo grau entram em competição  por esses significados. Quando isso acontece, o chara karaka superior, na ordem em que os planetas podem ser escolhidos, fica de fora  e é atribuído ao karaka fixo desses significados ( Sthira karaka) e o o karaka seguinte  é atribuído ao planeta que tem mais minutos e segundos dos dois em competição.

Por ex., Marte e Mercúrio estão colocados a 12º  de um certo signo e já foram escolhidos o AK, Amk e Bk. O chara karaka seguinte é MK mas este fica de fora e é atribuído ao karaka fixo que significa essa área. A seguir, vem o PiK. Este é atribuído ao planeta que, estando no mesmo grau, tem mais minutos e segundos.

Assim, se Marte está a 12º, 23’ e 34’’ e Mercúrio está colocado a 12º 13’ e 30’’, então Marte torna-se o PiK e o outro planeta perde. (Agora, Rahu é introduzido na contagem mas isso não significa que se torne um karaka, pois dependerá da sua longitude num determinado signo. Incluir Rahu no conjunto dos planetas que podem ser chara karaka não é, deste modo, equivalente a dar a Rahu um dos «cargos» como chara karaka,)

Segundo N. Rao Rahu pode ser Atmakaraka, se ocupar o grau mais elevado de um signo. Alguns autores pretendem que Rahu nunca pode ser o Atmakaraka mas isso é contestado por N. Rao.

Karaka Dasa

Parashara descreve este dasa, que usa os karakas para prever importantes eventos na vida da pessoa.

Os planetas karaka têm dasas de acordo com a ordem descrita- desde o Atmakaraka até ao Dara Karaka.  A duração de cada período dasa corresponde ao número de signos desde o Ascendente até ao signo em que se encontra o planeta karaka, sem contar com este. Assim, se o planeta Atmakaraka está colocado no signo Aquário para uma pessoa que tem Ascendente Balança, contando de Balança até Aquário (sem contar com este) são 4 signos, pelo que o karaka dasa do Atmakaraka dura 4 anos.  Um karaka colocado no Ascendente tem um dasa com duração de 12 anos.

Os karaka dasas podem repetir-se 1 ou 2 vezes, quando acaba a primeira «ronda» de todos os planetas karaka. Quando acaba a primeira ronda de karaka dasas recomeça-se no Atmakaraka mas a duração faz-se contando os anos que faltam para completar o ciclo completo de 12 anos possíveis para um período. Se houver um 3º ciclo de períodos dasa, a duração de  cada um repete as regras do 1º ciclo de dasas.

Em cada período dasa são sentidos resultados relacionados com as interações do planeta karaka com outros planetas. Normalmente os períodos do AK e PK trazem sucesso e popularidade.

No próximo artigo falaremos de todos os karakas, tanto os mutáveis (chara) como fixos (sthira).

Também Poderá Gostar de Ler

Deixe um comentário a sua opinião conta