Conjunção Lua Saturno na 12ª Casa Signo Peixes

jovem mulher isolada junto a curso de água

Neste artigo escrevemos sobre os efeitos gerais da conjunção Lua Saturno na 12ª casa e no signo Peixes.

Poderá ler um artigo sobre a colocação da Lua na 12ª casa aqui e no signo Peixes aqui. Pode também ler um artigo sobre a colocação de Saturno na 12ª casa aqui e no signo Peixes aqui.

A conjunção Lua Saturno na 12ª casa pode ser um fardo difícil de suportar. Existe grande introversão e necessidade de isolamento mas o karma destes nativos dificulta muito a paz mental pelo que é difícil alcançarem um sentimento de segurança emocional,  não sentindo também o desejo de procurar alívio através da meditação ou  da oração. Estas pessoas receiam tudo o que é desconhecido, incluindo  o plano das realidades subtis e espirituais. Existe,, aliás um medo inato por todas essas realidades, não havendo verdadeiramente nenhum refúgio onde estas pessoas se sintam em segurança.

Assim, ao mesmo tempo que esta pessoa sente necessidade de se isolar da família e dos outros, não encontra nenhum  espaço alternativo que lhe traga conforto: vê-se  como uma prisioneira da vida, que sente ser-lhe imposta como um fardo sem esperança. Esta situação pode, eventualmente, ser aliviada depois do primeiro retorno de Saturno.

A Lua em conjunção com Saturno nesta casa também não permite grande alívio, mesmo quando se dá num bom signo pois o nativo perde a capacidade de interagir emocionalmente com os outros, gerando uma parede entre si e o resto do mundo.

Quando a Lua está conjunta com Saturno na 12ª casa, sentimentos desencontrados podem acometer a pessoa: por um lado, Saturno faz temer tudo oque é desconhecido e as terras estrangeiras são um exemplo claro disso; por outro lado, a Lua sente o apelo interno para ir para um lugar distante daquele em que nasceu e  onde vive a sua família. A infância pode ser bastante difícil com esta conjunção na 12ª casa, indicando problemas tanto com a mãe, que pode não ter estado fisicamente presente (ou, se esteve, não esteve emocionalmente presente) como com  o pai, com o qual a relação, a existir, é conflituosa.

Assim, estas pessoas aprendem desde cedo, na infância, o hábito de se fecharem aos outros. Esta situação apenas é aliviada se a conjunção cair num dos signos de Vénus, situação em que o nativo se pode envolver na luta por causas sociais ou envolver-se no desempenho de cargos em instituições reservadas e fechadas, como manicómios, prisões, hospitais, escolas em regime de internato, etc.

Uma característica presente na conjunção Lua Saturno na 12ª casa é a falta de sintonia com os aspetos espirituais e subtis da realidade. Assim, não sobra muito  mais a estas pessoas do que a visão puramente material da sua vida terrena e de todos os seus fardos. A consequência pode ser a tentativa de escapar a tudo isso pelo uso de estupefacientes ou álcool.

Quando casam, tendem a manter o relacionamento, mesmo quando este traz mais sofrimento do que vantagens no plano emocional. Se a Lua tiver predominância, podem encontrar conforto na manutenção de relacionamentos sexuais secretos, longe da vida pública.  Mas esta conjunção também pode indicar que o nativo foi alvo de abusos sexuais no passado, podendo haver problemas nesta área de vida (frigidez).

Durante os trânsitos de Saturno pela 12ª casa (o que acontece quando Saturno regressa à posição natal e no trânsito mais longo de Sade Satti) perdas a todos os níveis, incluindo o financeiro, podem ser desafiadoras, em especial no primeiro regresso de Saturno.

Estes nativos deveriam evitar o casamento antes do primeiro regresso se Saturno pois, quando casam mais cedo  o casamento tende a ser emocionalmente difícil e Saturno tende a forçar a manutenção do casamento, pela tendência geral de rejeição da mudança.

Os casamentos realizados depois de meados dos trinta anos  tendem a ser menos difíceis. Se a Lua for forte, o nativo pode ser mais flexível, aceitando melhor a mudança quando as coisas não correm de forma positiva, no casamento e nas parcerias.

Uma Lua forte na conjunção com Saturno na 12ª casa pode ajudar a aprender com sucesso a lição kármica de Saturno nesta casa: abandonar o medo da mudança e a crença de que o seu destino é imutável, iniciando o despertar da consciência que aceita enfrentar o que gera imobilismo na vida: o medo de não merecer ultrapassar o seu sofrimento, a capacidade de desenvolver esperança, aprendendo a perdoar-se a si mesmo e aos outros, o medo de ser pobre ou doente, o medo de que não haja nada de positivo à sua espera neste mundo, do qual estas pessoas se sentem apartadas e o maior medo de todos: o de confiarem que são mais do que um corpo material nascido para sofrer  e aceitarem a própria luz que os habita e que os ajuda a transcender tudo isso.

Estas pessoas terão mais oportunidades de ganhos no plano material quando se deslocam para longe do local onde nasceram.

A conjunção Lua Saturno no signo Peixes depende, nos seus resultados,  da análise de qual dos dois, Saturno ou a Lua, é dominante na conjunção. A excessiva proximidade da Lua em relação a Saturno é outro fator importante, pois deverá haver alguma distância entre ambos para que os resultados positivos sejam mais evidentes. A casa em que se dá a conjunção é também importante, sendo estes melhores nas casas kendra e mais difíceis nas casa dusthana.

A Lua no signo Peixes é sonhadora e desenvolve uma imaginação poderosa, bem como uma boa intuição psíquica. Porém, Saturno no signo Peixes cria uma espécie de «curto circuito» que interrompe o fluxo das energias e deixa  de fora a capacidade de sentir e percecionar o plano psíquico e afetivo de Peixes.  O fácil acesso da Lua neste signo à meditação e vivências espirituais  é intercetado por Saturno que , apesar da sua disciplina, perde totalmente a «visão interior» , devido ao bloqueio criado pela energia saturnina sobre as faculdades da imaginação e a intuição, por razões kármicas.

Assim, quanto mais forte for Saturno nesta conjunção, tanto mais difícil é para estas pessoas encontrar conforto na fantasia e nas realidades alternativas da imaginação, perceção psíquica, etc. Esta dificuldade torna-se mais difícil ainda se a conjunção cai na 4ª casa, afetando toda a relação afetiva fundamental na infância  e o sentimento subjetivo de felicidade pessoal. Assim, estas pessoas não conseguem sintonizar com o plano da imaginação e da fantasia nem o plano espiritual. A situação deverá, no entanto começar a ser mais fácil após o primeiro retorno de Saturno e a partir dos 36 anos.

Por outro lado, a posição da Lua no signo Peixes também não facilita os bons efeitos desta conjunção pois, para além de a infância ser, em geral, um período frio e sem afeto na vida destas pessoas, que podem acumular muito sofrimento secreto que não dão a conhecer a  ninguém, as parcerias e o casamento em  particular podem ser muito desafiadores com tendência para conflitos contínuos .

Estes nativos crescem, em geral ,a ver os pais como inimigos entre si, mais do que como parceiros de cooperação e tendem a casar com pessoas conflituosas e críticas, o que causa desarmonia constante no lar. Em alternativa, confrontam-se com parceiros que perdem, devido a doença.

Apesar disto, estes nativos podem, após o primeiro retorno de Saturno, ver aliviado, gradualmente, o peso de uma vida sem esperança de melhorar, começando a aceder à sua criatividade, intuição e imaginação podendo, desse modo, começar a contrariar a rigidez sem esperança da primeira metade da vida.

Também Poderá Gostar de Ler