Uso dos Planetas Karakas Naturais na Análise Astrológica

(alt=" ")

Escrevemos neste artigo sobre os resultados dos planetas karaka naturais  na análise astrológica em geral e também na Astrologia Jaimini  e sobre a relação entre os planetas karaka, o regente da casa/signo e  uma dada casa /signo.

O sistema Jaimini  pressupõe o conhecimento de muitos aspetos básicos de interpretação , também considerados em  outros sistemas astrológicos. Podemos considerar a análise astrológica como um conjunto de procedimentos de interpretação com várias camadas em que os  vários níveis de interpretação contribuem  para uma avaliação mais abrangente e rigorosa dos elementos do horóscopo e, desse modo, para previsões mais rigorosas e capazes de «acertar» nos resultados. Hoje ocupamo-nos da  influência dos karakas naturais, que são talvez o nível mais básico da interpretação do mapa em qualquer sistema astrológico de análise.

Assim, podemos dizer, de forma geral, que os  significados atribuídos aos karakas de uma casa, aos  signos e respetivos regentes dão fruto quando, estando ativo um certo período maior ou subperíodo, se estabelece  uma relação entre um planeta karaka, um signo ativo num período (sistema Jaimini)  e o  regente desse signo. Para medir esses efeitos há que contar com a força do karaka associado com a área de vida representada pelo signo/casa   em análise.

Para interpretar estes efeitos, fazemos o seguinte:

– Identificamos o karaka natural da casa que estamos a analisar: por ex., a Lua é karaka natural da 4ª casa, Júpiter é o karaka natural da 5ª casa, etc. Se analisamos a 5ª casa, contamos, a partir desta, as casas /signos (uma casa equivale a um signo inteiro) até chegar à casa em que se encontra o karaka natural, que é Júpiter.

Seguidamente vemos qual  o signo que ocupa a 5ª casa e avaliamos a disposição do regente do signo que ocupa a 5ª casa. Vamos imaginar que se trata do signo Carneiro. Procedemos do mesmo modo que para o elemento anterior, contando o número de casas  que separam o regente e o signo que rege.

Se ambos estiverem numa boa relação com a casa de que são, respetivamente, significador e regente – por ex., numa kendra ou trina a partir do signo de que é karaka, e se ambos estão fortes (leia o artigo que publicámos anteriormente, para avaliar isto), há boas possibilidades de que os assuntos da 5ª casa deem bons resultados (fihos, inteligência, estudos superiores, etc.,(teremos também que ter em conta o chara karaka de que falámos em artigos anteriores mas não nos ocupamos neste artigo deste).

Para facilitar a compreensão, lembramos que o Sol é o karaka natural para o pai, a Lua é o karaka natural para a mãe; Marte é o karaka natural para os irmãos; Mercúrio é o karaka natural para os comerciantes e as pessoas envolvidas em negócios; Júpiter é o karaka natural para as crianças; Vénus é o karaka natural para marido e esposa; Saturno é o karaka natural para a longevidade e os velhos; Rahu é o karaka natural para a família do lado materno; Ketu é o karaka natural para a família do lado paterno.

Para além destes significados dos karakas naturais, representando pessoas, temos também a relação natural com as várias casas do horóscopo:

O Sol é um karaka natural da 1ª casa, da 9ª (pai) e da 10ª (fama e estatuto);

A Lua mantém apenas a relação com a 4ª casa;

Marte representa a 3ª casa (iniciativa, energia para agir); a 6ª casa (inimigos, ferimentos, ladrões);

Mercúrio é karaka da 2ª casa (infância, fala, educação) e partilha também a representação da 10ª casa (profissão);

Júpiter é karaka da 2ª casa (riqueza); da 5ª casa (filhos, inteligência, criatividade), partilha a representação da 7ª casa (marido); é karaka da 11ª casa (ganhos), partilha com o Sol a representação da 9ª casa (pai) e da 10ª (profissão).

Saturno é karaka da 6ª casa (doença, obstáculos), da 8ª (morte e longevidade), da 12ª casa (perdas);

Vénus é karaka da 7ª casa, significando  a esposa; partilha com a Lua a representação da 4ª casa relativa aos veículos e confortos.

Rahu é karaka da 6ª casa (relação com o estrangeiro)

Ketu é karaka da 12ª casa, representando a salvação.

Note-se que  o conhecimento dos significados dos planetas como karakas naturais das casas é um elemento básico fundamental  para compreender os efeitos das configurações do horóscopo, tanto na astrologia tradicional ocidental como na Jyotish e igualmente  no sistema Jaimini, constituindo uma camada na interpretação dos elementos básicos do horóscopo. Deste modo. deve ser dominada por todos os que desejam interpretar corretamente o horóscopo.

Assim, num primeiro nível básico de interpretação, podemos dizer que:

– quando o planeta karaka natural  está associado com um planeta maléfico no horóscopo, os resultados fazem-se sentir na área que o planeta significa enquanto karaka, de forma negativa: o karaka natural da 4ª casa em associação com um maléfico indica perturbações no relacionamento com a mãe, com o ambiente familiar , propriedades da família, veículos, etc. Se o regente da 4ª casa estiver fraco, esta tendência torna-se mais forte na vida da pessoa, afetando o seu sentimento subjetivo de felicidade e a vida no lar/família, de forma negativa;

– quando o planeta karaka natural está em aspeto com um planeta benéfico, ou de algum modo associado com este, os assuntos e significados que significa desenvolvem-se de forma fácil e próspera, se o regente da casa/signo considerado também for forte no horóscopo e receber boas influências.

Também Poderá Gostar de Ler