Glossário Astrológico- Planeta Retrógrado

(alt=" ")

Neste artigo esclarecemos o conceito de planeta retrógrado. Em sânscrito, este planeta tem o nome de vakri graha. Vakri significa curvado, tortuoso, torcido, torto, equivocar, mentir, prevaricar e vacilar. A partir destes significados, são possíveis múltiplas interpretações dos efeitos dos planetas retrógrados.

Isto é bem visível na Astrologia Jyotish,  pois os efeitos de um planeta retrógrado são objeto de diversidade de opiniões.

Para entendermos este conceito precisamos de nos reportar ao movimento dos planetas.

Enquanto o Sol e a Lua têm apenas movimento direto, não estando por isso nunca «retrógrados», Rahu e Ketu, os nodos da Lua, têm sempre movimento retrógrado (embora, na verdade, haja algumas exceções, quando ficam estacionários e ficam mesmo em movimento direto por um brevíssimo período de tempo. Como esses períodos são completamente desprezíveis ao longo, por ex., de um mês, acaba por se considerar que se movem sempre para trás.

Porém, Marte, Mercúrio, Vénus e Saturno têm tanto movimentos diretos ( movendo-se  «para a frente») como movimentos retrógrados, em que o movimento é «para trás». Mas esse movimento retrógrado, na verdade, é um movimento aparente:

Como sabemos, os planetas orbitam à volta do Sol, incluindo a nossa Terra. Mas os planetas não se movimentam todos à mesma velocidade e, por isso, em certas ocasiões, quando observados a partir da Terra, parecem mover-se para trás em relação à Terra. Um dos efeitos disso é que um planeta retrógrado fica mais perto da Terra.

Alguns defendem, por causa disso, que a energia do planeta retrógrado fica mais forte pois é mais sentida a partir da Terra.  Porém, há  também quem argumente que a energia de um planeta retrógrado não flui de modo normal e que as casas que o planeta retrógrado rege sofrem um impacto negativo quando o seu regente fica retrógrado.

Uma outra ilação evidente  é que o planeta retrógrado é mais lento do que habitualmente, o que pode significar que demora mais tempo a produzir os seus efeitos, que ficam «atrasados» em relação ao que seria de esperar.

Alguns argumental que o  planeta retrógrado pode ser forte ou fraco conforme a sua colocação: será forte quando colocado numa casa kendra ou trikona e fraco quando está colocado numa casa dusthana (exceto se uma destas casas  tiver o próprio regente colocado na casa que rege).

Alguns consideram ainda que o planeta retrógrado não dará bons resultados se estiver colocado no signo de exaltação mas dará bons resultados quando  colocado no signo de debilitação. Há também quem considere que o planeta retrógrado dá resultados da casa anterior àquela em que se encontra colocado  (exceto Júpiter) mas outros afirmam que isso não acontece sempre e que o planeta dá resultados relacionados com a casa de colocação, especialmente se o grau de colocação é depois dos 15º do signo.

Uma linha forte da tradição astrológica, não apenas na Índia mas também  na astrologia ocidental , considera que os planetas retrógrados representam «assuntos inacabados» trazidos do passado para esta vida e que, nesta encarnação, a pessoa tem alguma lição kármica específica a aprender, relacionada com os significados do planeta no horóscopo pessoal (casas/signos  que rege e casa/signo de colocação).

Por ex., se o planeta Atmakaraka está retrógrado, isso pode significar, segundo esta linha de entendimento, que a lição a aprender é, não apenas intensa mas também vem de há várias vidas passadas. Nesta conceção, o planeta retrógrado  conecta o indivíduo e o karma atual  com uma porção de karma vindo do passado, para que seja agora finalizado.

Muitos consideram que o planeta retrógrado exige mais esforço para atingir os resultados. No entanto, referem , os resultados podem ser melhores do que para os planetas não retrógrados, quando o esforço requerido é desenvolvido.

O aumento de esforço requerido para que o planeta produza os seus resultados faz com que alguns lhe atribuam Chesta bala, uma «força» dos métodos  quantitativos da Astrologia Jyotish.

Assim, esta posição afirma que os planetas retrógrados obrigam o nativo a desenvolver mais resiliência e capacidade para superar as dificuldades e obstáculos na área representada pelo planeta.

Porém, quando o planeta atua de forma negativa no horóscopo, esse esforço acrescido do nativo só aumentará a sua frustração   pois os efeitos serão mais negativos ainda.

Quando o planeta atua de forma positiva (por ter a regência de boas casas e outros fatores de dignificação no horóscopo) o esforço extra poderá produzir bons resultados.

Enfim, como se vê, o consenso sobre esta matéria é inexistente. Cabe a cada um colocar em prática estas opiniões e decidir qual delas considera mais correta em termos da sua experiência.

Também Poderá Gostar de Ler