Conjunção Lua Vénus na 6ª Casa Signo Virgem

prestando cuidados de enfermagem

Descrevemos neste artigo os efeitos gerais da conjunção Lua Vénus na 6ª casa do horóscopo e no signo Virgem.

Pode ler um artigo sobre a colocação da Lua na 6ª casa aqui e no signo Virgem aqui.

Pode ler um artigo sobre a colocação de Vénus na 6ª casa aqui e no signo Virgem aqui.

A conjunção Lua Vénus na 6ª casa, uma casa dusthana, não é muito feliz. Estes nativos podem tornar-se dependentes de substâncias aditivas, podem  ser permeáveis a excessos alimentares, etc., o que pode afetar negativamente a saúde, causando situações de doença que se vão repetindo ao longo da vida. Pode haver tendência para edema, problemas respiratórios, etc.

Os nativos com esta conjunção na 6ª casa dão-se bem em ambientes de conflito, pobreza, sendo eficientes a lidar com pessoas que sofrem todo o tipo de sofrimentos, tanto físicos como os que atentam contra a sua humanidade, como a exploração sexual , o tráfico, etc.

São bons a argumentar e a defender pessoas como avogados oi defensores dos direitos humanos. São também sensíveis aos aspetos da saúde e dão bons médicos, terapeutas e enfermeiros.

Quando a Lua é mais forte na conjunção, estando colocada no grau inferior do signo, a infância pode ser infeliz, podendo existir muitos conflitos e inimizades na família. O nativo pode ter sofrido abuso  no interior da família sem  que alguém viesse em seu auxílio para o proteger.

A saúde pode ser um motivo de sofrimento ao longo da vida e estas pessoas podem ser chamadas a trabalhar em demasia, pelo que a vida pode ser sentida como um fardo pesado.

Identificam-se facilmente com os explorados, pessoas em sofrimento, os «desprovidos de sorte» da sociedade. São compassivos em relação aos que sofrem e também em relação aos animais.  Tendem a servir os outros, sacrificando muitas vezes o bem -estar pessoal e a própria felicidade. Mas estão em stress emocional constante.

Quando Vénus detém o grau inferior da conjunção,  os nativos podem ser excelentes defensores dos mais fracos, mediadores e conselheiros, capazes de denunciar as injustiças e desrespeito pelos diretos das camadas mais frágeis da sociedade.

Se houver aflições à conjunção, estas pessoas podem tornar-se exploradoras de outros, especialmente na indústria do sexo, gostando de se dar com pessoas de duvidosa moral.

Podem, nesse caso, ser  também  vítimas de abuso sexual  e sofrer doenças como diabetes  e doenças nos rins. Mas, quando vénus está sem aflições, estas pessoas são excelentes a remediar situações de injustiça , envolvendo-se na defesa dos direitos – dos trabalhadores, dos pobres, dos explorados, etc- podem ser ativistas empenhados na luta por mais justiça e igualdade social.

Porém, esta posição pode igualmente indicar a propensão para desenvolver todo o tipo de vícios, incluindo o de trabalhar demais, do sexo, de acompanhar com pessoas de índole criminosa, etc. Se Saturno estiver em aspeto com Vénus equilibra estas tendências.

A conjunção Lua Vénus na  6ª casa indica um karma pesado, no qual os nativos têm uma vida em que podem passar por diversas fases de sofrimento, tanto por doença como por serem alvo de abusos e de exploração.

Podem ser acusados de crimes que não cometeram e estar continuamente em litígios com outros. Podem ser vítimas de maus tratos ou de abuso sexual. Cedem com frequência a comportamentos de indulgência perante o álcool, drogas e podem sofrer de intoxicação alimentar, mais do que a maioria.

No amor, estas pessoas também podem passar por divórcio , podendo os relacionamentos ser  bastante conflituosos ou permeados de desentendimentos, ciúmes, falsas acusações e quebra de promessas. Também podem  ter problemas de dívidas, não tendo muita paz emocional.

Quando a conjunção se dá no signo Virgem, os resultados não são muito benéficos pois Vénus está debilitado e Mercúrio é inimigo da Lua. Deste modo, se a conjunção cair numa casa dusthana, os efeitos podem ser difíceis.

A conjunção Lua Vénus indica a propensão para a pessoa estar continuamente em ambientes de conflito, tanto na vida pessoal como profissional.

Quando entram num relacionamento,  os nativos podem ser vítimas de exploração , especialmente sexual, podendo mesmo haver prostituição, tanto declarada como implícita, tendendo a manter um papel de vítimas exploradas.

Um problema difícil de superar, a nível psicológico, é a tendência para se criticar continuamente, havendo uma autoimagem distorcida e negativa e isso pode levar a uma degradação que leva as mulheres a cair na toxicodependência ou no álcool.

Tendem a discutir continuamente com todos à sua volta, especialmente com o parceiro de vida, tornando assim o ambiente da relação uma fonte de conflitos. Podem ser  também explorados(as)  no emprego e sofrer mesmo servidão por parte de pessoas sem escrúpulos e são muitas vezes o «bode expiatório» onde recaem as acusações por tudo o que corre mal.

Gostam de se dar com pessoas da classe operária pois sentem afinidade com pessoas da mais baixa condição social.  Homens e mulheres com esta conjunção tendem a ter relações conflituosas com mulheres, havendo em geral sempre um ambiente de grande discussão sempre que falam com mulheres.

Estas pessoas podem casar com parceiros «por dinheiro» e, em geral,  as mulheres com esta conjunção tendem a sentir-se sexualmente exploradas , como servas sexuais.

Quando vénus tem o grau inferior na conjunção, pode haver atração por parceiros que sejam naturalmente vulneráveis à exploração, tanto financeira como psicológica ou sexual.

Em geral torna-se também difícil sentir satisfação com o casamento e pode haver relacionamentos sexuais com outros parceiros, sobretudo com  parceiros de baixa condição social.

Se a Lua tem o grau inferior no signo, a pessoa é bastante organizada e  é muito perfecionista, crítica e eficiente. Pode ser muito eficaz na planificação e organização das  tarefas mas o excesso de perfecionismo e o agudo sentido crítico criam um ambiente hostil onde quer que se encontrem.

São, no entanto, trabalhadoras árduas, podendo puxar demasiado por si mesmas, pensando sempre que não fizeram o suficiente ou não o fizeram suficientemente bem.

Há também um bloqueio bastante forte da natureza emocional, substituindo-se a emoção pelo raciocínio crítico lógico, havendo tendência para não admitir «qualquer falha», tanto em si como nos outros.

Deste modo, a conjunção Lua Vénus no signo Virgem pode ter características bastante autodestrutivas, quando a  pessoa está focada em si mesma e no seu autovalor.

Mas, quando se dedicam ao serviço, focando nos outros a sua atenção, estas pessoas podem ser excelentes ativistas de todo o tipo de direitos, desde o ambiente aos direitos humanos. Podem tornar-se excelentes advogados ou juristas ao serviço dos menos favorecidos, pobres, espoliados.

Quando isso acontece, os níveis elevados de stress que tendiam a dominar a sua vida, descem significativamente e encontram satisfação e realização pessoal. Mas, para terem sucesso duradouro, necessitam que os outros reconheçam e valorizem o seu trabalho, dirigindo-lhes elogios e mostrando-lhes  apreço pelo que fazem pois possuem uma autoestima muito reduzida no seu ponto de partida.

Os elogios dos outros ajudam-nas a verem-se a si mesmas como pessoas que merecem  ser amadas  e merecem aquilo que a vida pode ter de bom. Há nestas pessoas memórias passadas de culpa de que precisam de se libertar para poderem alcançar equilíbrio e aprenderem a amar-se a si mesmas outra vez.

Também Poderá Gostar de Ler