Conjunção Lua Vénus na 9ª Casa Signo Sagitário

monges em ritual religioso

Descrevemos neste artigo os efeitos gerais da conjunção Lua Vénus na 9ª casa e no signo Sagitário.

Pode ler um artigo sobre a colocação da Lua na 9ª casa aqui e no signo Sagitário aqui.

Pode ler um artigo sobre a colocação de Vénus na 9ª casa aqui e no signo Sagitário aqui.

A conjunção Lua Vénus na 9ª casa indica  identificação com valores humanistas , gosto por  estudar e aprofundar os saberes da filosofia da  metafísica e religião.  O pai pode ser fonte de inspiração das crenças e dos valores.

Estas pessoas também se identificam com valores e crenças que preservam a harmonia e gostam especialmente de teorias que têm um lado estético , ajudando a ver a realidade como algo belo e harmonioso.

A cultura e os ambientes académicos são espaços onde se sentem particularmente bem e o mesmo pode acontecer com os templos e outros lugares sagrados.

Estes nativos amam a cultura e podem ter bibliotecas bem fornecidas , bem como  objetos de arte , muitas vezes associados ao sagrado, que apreciam muito. Grande parte da riqueza de que se rodeiam tem esta natureza cultural. Gostam de frequentar ambientes onde se discutem ideias e valores e o impacto que estes têm na caracterização humana.

Estar em conjunto com outras pessoas que partilham os mesmos valores  é algo que dá profunda segurança emocional a estes nativos.

Quando a Lua tem o controlo da conjunção, por estar colocada num grau inferior do signo, pode haver conflitos familiares por causa de razões ideológicas ou religiosas, ou alguma causa defendida de forma intensa.

Muitas vezes o pai está ausente e não desempenha o seu papel e a mãe assume  a função de «pai»  mas o relacionamento tende a ser conflituoso, o que faz com que o nativo muitas vezes procure conforto e equilíbrio numa religião com crenças diferentes das da família, ou em alguma ideologia ou causa que defende afincadamente,  o que gera desentendimento e separação.

Estas pessoas  podem preferir viajar e  viver a sua religião a casar. Por vezes escolhem uma carreira política, em geral de tipo conservador.

Se Vénus tem o controlo da conjunção por deter o grau inferior do signo de colocação, o pendor religioso é menor, havendo antes uma preocupação estética fundamental bem como o amor pela cultura.

O caráter humanitário do nativo permite-lhe ajudar os outros socialmente, ao mesmo tempo que acumula riqueza material. Tem natureza filantrópica, gostando de dar o seu contributo para a melhoria da sociedade e para a cultura.

Ganha muitas vezes dinheiro através da atividade de emprestar dinheiro a outros. Sente igualmente gosto pelas viagens e por conhecer pessoas de culturas diferentes.

Quando a conjunção Lua vénus se dá no signo Sagitário os efeitos poderão ser algo desafiadores se a Lua tiver o controlo da conjunção, situação na qual a relação com a mãe pode ser difícil e, psicologicamente, estas pessoas podem sentir conflitos internos e grande instabilidade emocional, podendo agarrar-se a alguma ideologia ou religião, assumindo atitudes dogmáticas.

Sentem pouco à vontade nas demonstrações de sensualidade, o que cria conflito com a energia de Vénus com a qual está em conjunção.  Apesar disto, estas pessoas sentem grande vontade de ajudar socialmente os mais fracos ,pobres, etc. mas tendem a impor as suas ideias aos outros. Podem ser obcecados pela «verdade» mas esta tem, frequentemente, a marca do dogma que não aceitam discutir.

Se Vénus tem o controlo da conjunção,  por estar colocado num grau inferior, há uma atitude menos tensa e mais apreciadora dos aspetos felizes da vida.

Vénus está em signo inimigo, pelo que não se interessa particularmente pela espiritualidade. Em vez disso, aprecia a opulência dos rituais e os aspetos estéticos dos espaços e objetos ligados ao sagrado.

Aprecia a cultura e os valores humanistas e inclina os nativos para os estudos superiores. Estes gostam de se dar com pessoas cultas e escolhem parceiros  instruídos e capazes de generosidade para ajudar os outros. Gostam igualmente de participar em eventos festivos , em cerimónias que envolvem fausto e luxo.

Em ambos os casos estas pessoas são humanitárias e gostam de ajudar os outros, manifestando tolerância perante as diferenças e têm valores altruístas, embora integrados num contexto conservador e de respeito pela tradição.

Também Poderá Gostar de Ler