Conjunção Lua Vénus na 12ª Casa Signo Peixes

mulher em postura sonhadora

No artigo de hoje falamos dos efeitos gerais da conjunção Lua Vénus na 12ª casa do horóscopo e no signo Peixes.

Poderá ler um artigo sobre a colocação da Lua na 12ª casa aqui e no signo Peixes aqui.

Poderá ler um artigo sobre a colocação de Vénus na 12ª casa aqui e no signo Peixes aqui.

A conjunção Lua Vénus na 12ª casa inclina para  o gosto de manter prazeres secretos, num espaço reservado. Estas pessoas gostam de manter a sua vida privada fora dos olhares dos outros. A reserva e o segredo dá-lhes segurança , bem como o seu próprio espaço reservado. Gostam de idealizar e de sonhar acordados e podem ser extremamente românticos.

Tendem a idealizar fantasias e podem ser criadores imaginativos e artísticos de «mundos fantásticos» que plasmam em objetos artísticos ou no desenho , cinema, etc.

Também gostam de idealizar o «parceiro» ou «parceira ideal» tendendo a apaixonar-se mais pelo ideal do que por alguma pessoa real. Se Vénus tiver o grau inferior na conjunção, estes nativos são pouco inclinados para o casamento, embora sejam sensuais e procurem incessantemente alimentar o desejo de prazer em privado.

Isto pode referir-se a  paixões secretas  mas também podem  cair facilmente na dependência de substâncias viciantes ou medicamentos, alimentos afrodisíacos, etc..

Gostam muito de dormir  e dormem sempre que possível,  apreciando igualmente sonhar. Podem tornar-se viciados em sexo.

Podem ganhar bastante riqueza através de algum serviço ou produto  reservado ou secreto ou através da realização de acordos secretos.

Se a Lua tiver o grau inferior na conjunção, os resultados podem ser menos pacíficos pois há a tendência para estabelecer relações conflituosas com os pais e, quando há casamento, a relação com o cônjuge é também ela conflituosa.

A Lua na 12ª casa também produz um distanciamento emocional como forma de autossegurança, o que não facilita muito as interações com os outros no plano pessoal.

Porém, se a conjunção cair num signo onde tanto a Lua como Vénus deem bons resultados,  estes nativos podem ser excelentes diplomatas e adoram viajar longamente, preferencialmente acompanhados por mulheres e podem mesmo escolher residir longe do lugar onde nasceram ou viveram na infância, seja num país estrangeiro, seja num local distante do local de nascimento.

Devido à tendência para estarem sempre a fantasiar, ou a sonhar acordados, estas pessoas muitas vezes não conseguem distinguir a fantasia da imaginação, o que dificulta a vida prática do quotidiano.

A verdade é que preferem o «mundo do imaginário» e podem gastar bastante dinheiro para alimentar as suas «fantasias de suporte».

Podem igualmente ganhar bastante em terras estrangeiras, inclusivamente em cargos institucionais e da administração nesses países ou como diplomatas, embaixadores, etc.

Quando a conjunção Lua Vénus se dá no signo Peixes, no qual Vénus tem a sua exaltação, os nativos são românticos, sonhadores, altamente intuitivos e com sensibilidade artística. Gostam de música, poesia e literatura, das belas artes.

Podem manifestar esta sensibilidade dedicando-se ao ensino artístico de crianças mas também  podem interessar-se por uma carreira artística. Podem alcançar sucesso também  na área da política, especialmente na diplomacia.

Os nativos com a conjunção Lua Vénus no signo Peixes podem ter dificuldade em ser felizes no casamento, porque os parceiros tendem a ser excessivamente críticos ou conflituosos, agravando-se este traço se a conjunção Lua Vénus se dá  no signo Peixes e numa casa dusthana– a 6ª  a 8ª e a 12ª .

O cônjuge pode, igualmente, nestes casos, ter problemas de saúde. Se a conjunção se der na 12ª casa e no signo Peixes há grande dificuldade em estabelecer parcerias ou concretizar um casamento , havendo a tendência de a pessoa se  isolar emocionalmente e procurar satisfazer os seus próprios desejos sem se focar nos de um potencial cônjuge.

Há tendência para um constante ambiente de desarmonia nas parcerias, melhorando a situação se Vénus detém também o grau inferior no signo, especialmente se a conjunção se dá numa casa como a 10ª, em que  o desejo de manter uma certa imagem e reputação públicas faz com que o casamento se torne duradouro porque é instrumental  das ambições que o nativo pretende  concretizar.

Sem essa pressão , estes nativos sentem mais vontade de divagar com o pensamento ou até de ocupar o seu tempo com atividades ligadas à arte, à leitura, ao cinema ou a algum outro passatempo em que usem a imaginação, do que a investir no esforço de fazer uma relação conjugal funcionar e «dar certo».

Também Poderá Gostar de Ler