Glossário Astrológico- Rudra Brahma e Maheswara

(alt=" ")

No artigo de hoje explicamos alguns dos métodos mais aceites para calcular o Rudra, Brahma e Maheswara no horóscopo. Estes conceitos são essenciais para o cálculo da longevidade , de que falamos em outros artigos sobre o sistema Jaimini.

No panteão das divindades Hindus, Brahma é o criador, Vishnu é o Sustentador da Vida e Maheswara é o destruidor, formando uma trindade que tem o seu papel em todos os processos da criação.

Na Astrologia de Jaimini, Brahma , Rudra e Maheswara  têm um papel importante na análise de alguns períodos dasa, como  Sthira, Sula  e Maraka dasas, sendo usados no cálculo da longevidade e na  determinação do planeta maraka ou que inflige a morte.

Há vários métodos para encontrar o planeta que representa Brahma, Rudra e Maheswara. Daremos aqui a descrição de alguns desses métodos, que têm maior aceitação e são recomendados por algumas das autoridades mais respeitadas na Astrologia da Índia.

Estes conceitos são usados para as previsões  sobre a longevidade, embora  aconselhemos cautela nas previsões de datas demasiado rígidas para o final da vida, pois podem não coincidir, de facto, com esse evento (há demasiadas variáveis não controladas pelo astrólogo, que podem levar a esses erros).

Outro fator a considerar é o impacto que uma «data certa» pode ter, em termos psicológicos, na pessoa afetada. Assim, deverão ser evitadas  as previsões fechadas sobre o momento da morte.

Não apenas pelas razões psicológicas citadas mas também pelo facto de, realmente, não haver nenhum método infalível para prever o momento da morte.

Encontrar o Planeta Brahma

No horóscopo, um planeta representa Brahma, de acordo com as seguintes regras:

Verificar, entre a 1ª  e a 7ª casa,  qual é mais forte, usando os critérios explicados anteriormente para determinar a força dos signos/casas do horóscopo.

Quando o planeta regente da 8ª casa a partir do Atmakaraka está colocado na 8ª casa, é elegível para a posição de Brahma.

Quando Saturno, Rahu ou Ketu são elegíveis para a posição de Brahma, este é apenas nominal e não deve ser considerado. Os astrólogos mais antigos apenas consideravam o Brahma no horóscopo quando este estava colocado na parte diurna do horóscopo e quando estava colocado num signo masculino.

A consequência disto era o uso muito restrito do Sthira dasa. Assim, alguns investigadores mais recentes,  contestam estas regras , considerando que o Sthira dasa é um dasa genérico e deve poder aplicar-se a todos os horóscopos.

Segundo um investigador eminente da astrologia Jyotish, Sanjay Rath, algumas regras deverão ser seguidas para eleger o planeta que tem o papel de Brahma: se dois planetas forem elegíveis, deve escolher-se aquele  que ocupa o grau mais elevado no signo.

Se dois planetas elegíveis como Brahma tiverem a mesma longitude (por estarem colocados no mesmo grau do signo) o desempate deve fazer-se escolhendo o mais forte.

Outro eminente astrólogo do sistema Jaimini . K. N. Rao, aconselha o seguinte método para escolher o planeta que tem o papel de Brahma:

Decidir qual das casas, a 1ª ou  7ª é mais forte; decidida esta primeira questão, avaliar qual dos regentes da 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir da casa encontrada no primeiro passo (1ª ou 7ª ) é  mais forte: Saturno, Rahu e Ketu devem ser excluídos da posição de Brahma.

  1. N. Rao atesta que este método é comprovado por várias décadas em que tem usado as técnicas do sistema Jaimini e dá bons resultados.

Para estabelecer a força dos regentes referidos no parágrafo anterior devem considerar-se 3 forças:

Mooltrikona bala ( referente à dignidade do planeta) ; amsa bala ( o planeta com o grau mais elevado é mais forte), kendra bala. Esta última força resulta da colocação dos planetas em casas kendra, contadas a partir da posição do planeta Atmakaraka. Um planeta colocado numa casa kendra obtém 60 pontos; numa cas apanapara obtém 40 pontos e numa casa apoklima obtém 20 pontos.

O planeta mais forte entre estes é Brahma.  Este planeta será o ponto de início do Sthira dasa.  Como referido em outro artigo, o período sthira dasa de um signo cardinal é de 7 anos; o de um signo fixo é de 8 anos e o de um signo mutável  é de 9 anos.

Encontrar o Maheswara

O planeta regente da 8ª casa a partir do Atmakaraka é o maheswara. Quando o regente desta casa está colocado no próprio signo ou no signo de exaltação, é considerado mais forte do que o regente da 6ª e da 12ª casas a partir do Atmakaraka.

Quando Rahu ou Ketu estão colocados na 8ª casa a partir do Atmakaraka ou estão em conjunção com este, então o 6º planeta a contar do Sol torna-se o Maheswara.

Quando 2 ou mais planetas são elegíveis como o Maheswara, deve escolher-se o que é mais forte.

Encontrar o Rudra

O mais forte entre os regentes da 2ª  e 8ª casas a partir do Ascendente é o Rudra. Alguns consideram, no entanto, que o planeta mais fraco destes dois, quando recebe o aspeto de vários maléficos, deve ser considerado o Rudra.

Quando o mais forte destes é o escolhido, tem o nome de Prani Rudra ( Rudra com força); quando é o mais fraco, tem o nome de Aprani Rudra (o Rudra sem força). Mas em geral escolhe-se apenas o Rudra mais forte para o cálculo da longevidade. Rudra é o destruidor.

Se o planeta que tem a função de Rudra também for um planeta funcional maléfico no horóscopo, será mais maléfico ainda na função de Rudra.

Também Poderá Gostar de Ler