Glossário Astrológico- Tajika na Consulta Prashna 6ª Casa

médico e paciente

Neste artigo  falamos das questões da consulta prashna da 6ª casa do horóscopo.

As perguntas relacionadas com esta casa referem-se à saúde e doença e à sua cura, ao resultado de concursos e competições, casos em tribunal, escolha de emprego, inimigos e competidores, conflitos, relação com dependentes e subordinados.

A 6ª casa é considerada maléfica pelo que é preciso  existir um equilíbrio delicado entre esta casa e o Ascendente da carta prashna, para produzir resultados positivos. Esta casa precisa de ter força mas menos do que o Ascendente, caso contrário não dará bons resultados no assunto  que é objeto da questão.

Em geral é melhor não haver planetas colocados na 6ª casa porque, quando há um planeta benéfico nesta casa, esta torna-se menos maléfica mas, em contrapartida, o planeta e as casas que este rege perdem a sua força.

Na consulta prashna da 6ª casa, quando a pergunta se relaciona com doença, o Ascendente representa o médico; a 7ª casa representa a doença; a 10ª casa representa o doente; a 4ª casa representa os meios de tratamento da doença.

Se houver o aspeto de planetas maléficos sobre o Ascendente, isso indica que o médico não conseguirá curar a doença e pode mesmo contribuir para piorar o estado do doente.

Assim, quando há pelo menos um planeta benéfico colocado na 6ª casa, isso indica que o nativo vencerá a doença presente e será protegido de outras;  e também vencerá oponentes e inimigos se a pergunta for relacionada com isso.

Se, na carta prashna, houver planetas benéficos colocados na 4ª, 7ª e 10ª casas, o nativo alcançará a cura da doença.

Quando o regente do Ascendente e a Lua formam itthasala yoga com planetas benéficos, a doença será vencida. Mas esta regressará se esses planetas estiverem retrógrados.

Pelo contrário, se há um ou mais planetas maléficos colocados na 6ª casa, o nativo sofre doença ou ferimento relacionado com as partes do corpo que a 6ª casa rege (cintura, umbigo, baixo abdómen, rins, intestino delgado, parte superior do intestino grosso, função intestinal, apêndice, região lombar das costas, ancas).

Com a presença de maléficos na 6ª casa há dificuldade em lidar com os inimigos e ladrões, obstáculos aos empreendimentos, problemas de saúde representados pelo planeta colocado.

Se a questão está relacionada com a saúde e há planetas maléficos colocados na 6ª casa, isso indica intensificação da doença. E, se além disso, também há um maléfico colocado na 10ª casa ,o tratamento não resultará e o nativo terá responsabilidade nisso.

Se houver planetas maléficos também na 4ª e 7ª casa, haverá complicações atrás de complicações, no que se refere à doença.

Numa pergunta em que alguém deseja saber sobre a saúde de outra pessoa, se o regente do Ascendente ou a Lua estão combustos ou em itthasala yoga com o regente da 6ª casa , isso indica doença.

Perguntas sobre a cura:

O Ascendente representa a pessoa que faz a questão, a 7ª casa representa a doença; a 10ª casa representa a pessoa que vai ajudar a curar a doença; a 4ª casa representa o remédio usado para o tratamento.

Um planeta maléfico colocado na 10ª casa indica que o médico ou pessoa que irá tentar curar a doença não será bem- sucedido e piorará o estado do doente. Um planeta maléfico colocado no Ascendente indica que o tratamento não resultará por culpa do doente.

Se há planetas colocados na 7ª casa, isso indica complicações. Planetas maléficos colocados na 4ª casa indicam complicações, mas devidas a tratamento inadequado.

Planetas benéficos colocados nas casas kendra incidam que a pessoa recuperará.  A Lua e o regente do Ascendente em itthasala yoga com planetas benéficos indica recuperação da doença. Mas esta regressará se esses planetas estiverem retrógrados.

Morte devido a doença:

Se o regente do Ascendente está colocado na 4ª casa da carta prashna  e forma itthasala yoga com a Lua, isso indica morte por doença.

Quando o regente da 8ª casa está colocado no Ascendente e a Lua ou o regente do Ascendente está colocado na 8ª casa, isso indica morte.

A seguinte combinação também indica morte: o regente do Ascendente está  em conjunção com o Sol; a Lua está a formar um itthasala yoga  com o regente da 7ª casa e este último está, por sua vez,  colocado na 6ª casa.

Se o regente da 8ª casa está fragilizado e não dignificado, aflito  ou combusto, ao mesmo tempo que está colocado numa casa kendra e a formar um itthasala yoga com o regente do Ascendente, isso indica morte.

O regente do Ascendente ou o regente da 8ª casa colocados numa casa kendra formando um itthasala yoga  com um planeta maléfico com o qual  «perdem a guerra», indica morte.

Um planeta maléfico colocado numa casa kendra e «ganhando a guerra» com o regente da 8ª casa indica morte.

Quando o regente do Ascendente está colocado no  Dvadasamsa[1] do Sol  isso indica morte.

Quando o regente do Ascendente  e da 8ª casa estão em conjunção e a formar um itthasala yoga  um com o outro, isso indica morte.

Pormenores sobre a doença:

Se, na consulta prashna da 6ª casa sobre doença o Ascendente é um signo cardinal, a doença será superada mas poderá regressar, a menos que haja indicação da sua superação.  Se o Ascendente está num signo mutável, a doença revelar-se-á diferente do que se pensava. O Ascendente num signo fixo indica que será difícil superar a doença.

A Lua em itthasala yoga com um planeta retrógrado indica que a doença será crónica. Se a Lua estiver a formar itthasala yoga com Saturno indica que a doença já se iniciou há bastante tempo.

Quando a consulta prashna se realiza num período entre 7 dias antes e 4 dias depois  e o Sol e a Lua  estão em conjunção ou aspeto com planetas benéficos,  a doença pode melhorar.

Perguntas sobre o emprego:

Quando, na consulta prashna da 6ª casa relacionada com emprego a pessoa deseja saber se conseguirá  o emprego- se o regente do Ascendente está colocado numa casa kendra e não forma itthasala yoga nem com o regente da 6ª casa nem com o regente da 12ª casa, não haverá mudança de emprego.

Quando o regente do Ascendente da carta prashna está retrógrado e forma um itthasala yoga com um planeta colocado na 3ª ou 9ª casa, haverá mudança de emprego.

O regente do Ascendente colocado numa casa kendra, recebendo o aspeto de um planeta maléfico ou inimigo e o planeta regente do «punya saham» [2] está colocado no signo Leão, não haverá novo emprego para o resto da vida do nativo.

O novo emprego será benéfico para a vida profissional?

Quando o regente do Ascendente forma um Kambuula yoga a resposta é afirmativa. Mas, se o regente da 7ª casa estiver em Kambuula yoga é melhor mudar de emprego para prosperar.

Podem -se interpretar do mesmo modo questões relacionadas com mudanças num negócio  ou de local de emprego.

Perguntas relacionadas com animais:

A pergunta sobre a aquisição de um animal doméstico será positiva se o regente do Ascendente  ou a Lua estiver colocado na 6ª casa ou se  forma itthasala yoga com o regente da 6ª casa ou este último está colocado no Ascendente. Isso indica ganho de animais (de estimação).

 

 

[1] Um Dvadasamsa é 1/12 de um signo, representando a divisão dos 30º de um signo por 12 partes iguais de 2.5º. Cada uma tem a regência de um dos signos, começando pelo próprio signo que se está a dividir. Assim, por ex., no signo Carneiro, o 1º dvadasamsa  é Carneiro, depois Touro, etc., até esgotar os 12 signos. Cada uma destas porções tem assim a influência secundária nos seus  efeitos  do signo que  lhe corresponde nesta divisão, à semelhança do que ocorre por ex., nos decanatos.

[2]  Este ponto , semelhante à «partes» gregas e árabes, encontra-se subtraindo a longitude da Lua à do Sol e somando a longitude do Ascendente. Quando o Ascendente não está entre o Sol e a Lua, adiciona-se um signo ao resultado anterior (30º). O resultado dá a posição deste saham. Este é considerado um ponto maléfico no horóscopo.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment