Glossário astrológico- Tajika na Consulta Prashna 7ª Casa #2

casal romântico

Neste artigo concluímos a análise das questões e procedimentos da consulta prashna relacionada com a 7ª casa. Este artigo é a continuação do artigo publicado anteriormente.

Por favor note que as configurações a seguir descritas são feitas com referência à carta prashna e não ao mapa de nascimento.

O parceiro romântico regressará após zanga/separação?

Se, na carta prashna, o Sol estiver abaixo do horizonte (casas 1 a 6) e se Vénus  também se encontrar no mesmo hemisfério, o parceiro não regressará.

Se Vénus estiver retrógrado na carta prashna, ou estiver colocado atrás do Sol (por grau, se estiverem no mesmo signo ou num signo anterior) o parceiro regressará. Mas, se estiver combusto pelo Sol ou a caminho de ficar combusto, continuarão as desavenças.

Se a Lua estiver na fase da Lua Nova ou minguante, poderá passar bastante tempo antes de o parceiro regressar. Se a Lua estiver cheia ou brilhante, voltará rapidamente. Quanto mais escura for a Lua mais tempo levará; quanto mais brilhante estiver a Lua, mais cedo regressará.

O (a) parceiro (a) tem qualidades que permitirão à relação ser duradoura e estável?

Na consulta prashna da 7ª casa, esta pergunta era, em tempos passados, feita principalmente a propósito da noiva, pelo noivo, que queria saber se ela tinha faltas graves de personalidade e de «moral». No entanto, as indicações são válidas para ambos os sexos.

Se o Ascendente, o regente do Ascendente e a Lua estiverem todos em signos fixos, o (a) parceiro (a) não terá «falhas» a este nível, sendo de confiança.

Mas, se os elementos referidos estiverem colocados em signos cardinais, o (a) parceiro (a) trará muitos problemas para a relação.

Se o Ascendente  da carta prashna for um signo cardinal e a Lua estiver colocada num signo mutável haverá  alguns (poucos) problemas.

Se a Lua e Marte estiverem separados e colocados em signos não fixos, o (a) parceiro (a) procurará prazeres secretos.

Se Saturno estiver colocado com a Lua no Ascendente da carta prashna, o (a) parceiro (a) procurará prazeres mas estes serão conhecidos e procurados «às claras».

Quando Saturno e Marte estão colocados numa casa kendra em relação um ao outro (1,4,7,10 casas de separação) e recebem o aspeto da Lua, ao mesmo tempo que Vénus está colocado no signo Escorpião ou no drekkana de Escorpião o (a) parceiro (a) andará sem rumo e causará problemas, não revelando, por isso, estabilidade na relação.

A mulher teve algum filho antes?

Parece que esta era uma preocupação dos noivos, no passado. Esta pergunta pretende saber se há alguma coisa no passado do potencial parceiro que este esteja a esconder. Pode por isso também ser feita em relação ao passado do potencial noivo ou parceiro.

Se Vénus estiver colocado no signo Aquário e Mercúrio estiver colocado no signo Leão, a mulher não deu à luz antes.

Mas, se Vénus estiver colocado no signo Escorpião e Mercúrio no signo Touro, a mulher deu à luz antes.

Quando Marte, Mercúrio, Vénus e a Lua estão colocados em signos mutáveis que não Sagitário, a mulher dará à luz no futuro. Mas, se estiverem no signo Sagitário, a mulher não terá filhos do querente (pessoa que faz a pergunta da consulta).

Se houver planetas maléficos colocados em signos cardinais a mulher terá filhos mas de outro que não o cônjuge. Se estiverem em signos fixos, os filhos serão do marido. Se estiverem em signos mistos,  há incerteza sobre isso.

O filho que vai nascer é do marido ou de outro?

Se o regente do Ascendente e o regente da 5ª casa da carta prashna estão em conjunção ou recebem o aspeto de planetas benéficos, isso  indica que a criança será do marido;

Marte e Saturno em conjunção ou aspeto indica que a criança é de outro.

A (o) parceira /o)  X é/será fiel?

Quando o regente do Ascendente ou a Lua formam um Ithasala yoga com a orbe de um grau com Marte, indica que haverá adultério dentro da própria casa. Se Marte estiver colocado no próprio signo nesta configuração, o adultério será concretizado em outro lugar.

Se o Sol forma um Ithasala yoga com Marte indica que a infidelidade será com alguém de alta estirpe. Se o Sol forma Ithasala com Mercúrio, o amante será um intelectual, escritor ou comerciante. Quando o Sol forma Ithasala com Vénus o amante será uma mulher.

Mas, se esses Ithasala yogas referidos no parágrafo anterior existem numa carta que tem indicações de a parceira ser de confiança e devotada, então, o significado destes indicam virtude e não adultério.

Quando o regente do Ascendente ou a Lua formam um Musaripha yoga [1] com Marte isso indica que há uma ligação forte com  o (a) amante e essa ligação é difícil de quebrar.

Quando Júpiter está em aspeto com Marte o parceiro regressará por causa dos filhos.

Se o sol está em aspeto com Marte, o parceiro regressará por medo das consequências legais;

Se Vénus estiver em aspeto com Marte, o parceiro regressará por medo de outras mulheres.

Se Vénus e Mercúrio estiverem juntos num signo e em aspeto com Marte,  há preocupações pelo facto de o parceiro/cônjuge   ter mais idade.

Este artigo conclui a análise das perguntas da consulta prashna da 7ª casa.

[1] Este yoga , também designado por Easarapha yoga forma-se quando um planeta mais rápido está à frente de um planeta mais lento por um grau. É considerado uma combinação desfavorável.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment