Conjunção Lua Júpiter na 8ª Casa Signo Escorpião

homem observando algo com binóculos

Descrevemos neste artigo os efeitos gerais da conjunção Lua Júpiter na 8ª casa e no signo Escorpião.

Pode ler um artigo sobre a colocação da lua na oitava casa aqui e no signo Escorpião aqui.

Pode ler um artigo sobre a colocação de Júpiter na oitava  casa aqui e no signo Escorpião  aqui.

Os nativos com a conjunção Lua Júpiter na 8ª casa sentem uma paixão pelo segredo  e podem ter um bom conjunto de segredos guardados: dinheiro e outros bens que valorizam e também  conhecimentos.

Quando a conjunção se dá num bom signo, pode permitir alcançar muitos ganhos e acumulação de riqueza conjunta.  Estas pessoas trabalham em conjunto com o parceiro de vida para acumular essa riqueza  e para poderem dispor de um bom «fundo de maneio» ao longo da vida.

Uma parte substancial dessa riqueza pode ser escondida (para não pagar impostos).

A conjunção Lua Júpiter na 8ª casa amplifica o potencial de transformação da identidade, favorecendo o desenvolvimento interno a nível profundo.

Porém, o aspeto mais óbvio da conjunção situa-se no plano financeiro: estas pessoas mantêm frequentemente negócios de natureza secreta ou cujas fontes de financiamento são pouco claras e escondem dinheiro e bens do fisco, para escaparem aos impostos.

Quando Júpiter domina a conjunção, os nativos mantêm uma excelente imagem pública e social, embora possam ter fontes de riqueza pouco claras.

Têm igualmente relacionamentos sexuais fora do casamento e escondidos, sem que a sua imagem seja beliscada por isso. Também conseguem aumentar a riqueza através do casamento.

Quando a Lua  é mais forte nesta conjunção indica muitas vezes situações difíceis durante a infância e  crescimento e saúde frágil nesses anos.

Também indica um temperamento agressivo e vingativo, ciúme e possessividade, embora a relação com Júpiter possa atenuar alguns destes traços. A personalidade é  igualmente controladora e manipuladora.

Estes nativos  revelam grande  interesse em aumentar a riqueza que possuem. Apesar de poderem  fazê-lo em conjunto isso não os impede de esconderem uma parte dos proventos do parceiro.

Estas pessoas interessam-se pelo oculto e por todos os tipos de segredos, sentindo fascínio pela magia e pelo conhecimento esotérico.

Quando a conjunção se dá no signo Escorpião, há que ter em conta o estado debilitado da Lua.  Esta debilitação. no entanto, não atinge os aspetos do sucesso mundano, indica antes que a pessoa se transforma muitas vezes ao longo da vida e torna-se dependente desses processos de crise para se sentir em segurança.

Assim, a conjunção dará potencialmente melhores resultados quando Júpiter tem o controlo da conjunção, pelo menos em termos emocionais e psicológicos.

Estes nativos têm talento inato para compreender os meandros da psique e podem dar excelentes psicólogos, psiquiatras, terapeutas. Encaram os processos de transformação da identidade de forma positiva, abraçando o seu poder de cura de traumas e processos subconscientes que causam sofrimento mental e emocional.

Há também um fascínio pela aquisição de conhecimento secreto ou oculto, de caráter espiritual e a crença convicta de que tais conhecimentos revelam o poder divino de cura de que todos os indivíduos podem usufruir.

Exploram a sua própria psique para descobrir todos os meandros do seu funcionamento em relação ao desenvolvimento de medos e complexos que impedem o crescimento pessoal.

São capazes de aprofundar as causas desses processos em si e nos outros e podem usar esses conhecimentos, por vezes, para manipular os outros, levando-os a darem-lhes acesso a certos fins que desejam.

Podem usar o sexo para se transformarem através deste. Se a Lua domina a conjunção, pode tornar o nativo dogmático e  procurando impor as suas crenças como as únicas «verdadeiras».

O seu caráter vingativo e dominador pode também ser capaz de causar danos a outros, podendo não o fazer abertamente mas de forma secreta, sem revelar as verdadeiras intenções a não ser quando é demasiado tarde para o seu «alvo» escapar.

Mas  também dão excelentes investigadores (incluindo na área criminal) e conseguem descobrir todo o tipo de coisas ocultas, materiais ou simples segredos, desde que isso seja importante para eles, por alguma razão.

A conjunção Lua Júpiter na 8ª casa e  no signo Escorpião permite aos nativos florescerem na área dos negócios, pois conseguem encontrar informação «escondida» que outros não veem, para dela tirarem partido. No entanto, desde que Júpiter seja forte e a conjunção não ocorra nas casas dusthana, o indivíduo respeita em geral os limites éticos e aceita que «não vale tudo» para se beneficiar. Mas, quando ocorre numa das casas referidas, prevalece o interesse particular do nativo e a sua ganância por poder e riqueza.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment