Conjunção Lua Júpiter na 12ª Casa signo Peixes

mulher semi escondida atrás de cortina

Descrevemos neste artigo os efeitos gerais da conjunção Lua Júpiter na 12ª casa e no signo Peixes.

Pode ler um artigo sobre a colocação da lua na décima segunda  casa aqui e no signo Peixes aqui.

Pode ler um artigo sobre a colocação de Júpiter na  décima segunda casa aqui e no signo Peixes aqui.

A 12ª casa é uma casa dusthana e, se é verdade que Júpiter, regente natural da casa, pode dar resultados interessantes aqui, quando está em conjunção com a Lua esses efeitos tornam-se potencialmente menos favoráveis porque a Lua pode opor-se ao movimento natural de expansão de Júpiter, de modo que a criatividade potencial de Júpiter, o seu contacto natural com o mundo subconsciente, podem ser «cortados» pela dificuldade em a Lua tomar consciência desses processos.

Mas uma coisa é certa: estas pessoas apreciam a reclusão e podem gostar de se isolar do mundo concreto para meditar, orar, ler, escrever, sonhar… a diferença é que, se a Lua tiver o controlo da conjunção, o nativo  isola-se por motivos de segurança emocional, como forma de defesa em relação aos outros e ao mundo em geral.

Se Júpiter tiver o controlo da conjunção, não se trata tanto de a pessoa se retrair em relação ao mundo para se defender deste, trata-se mais de «viver numa dimensão» diferente da realidade prosaica e mais consentânea com o imaginário, com a distração da mente em relação ao mundo imediato.

Mas  podem manter a atitude expansiva de criar através da imaginação, escrever, criar alguma coisa no âmbito da fantasia ou do entretenimento,  que pode ser transmitido aos outros e transformar-se mesmo numa fonte de rendimento para o sustento.

A conjunção Lua Júpiter  na 12ª casa pode dar bons resultados em terras estrangeiras, indicando mesmo que estas pessoas se sentem mais seguras e felizes vivendo longe do lugar em que nasceram.

Se Júpiter estiver forte na conjunção, podem ter sucesso trabalhando na área da diplomacia, colocados em países estrangeiros.

Agora, um aspeto menos positivo desta conjunção  é que, tanto Júpiter como a Lua na 12ª casa, têm pouca apetência para se ocuparem dos «assuntos do mundo» e a falta de sentido prático pode pôr estas pessoas em situação financeira difícil.

Uma forma de superar isso será adotar uma vida monástica, que também pode ser uma solução favorável para estes nativos que gostosamente abdicam de «andar no mundo» e preferem sentir-se seguros «atrás de paredes firmes».

O trabalho em hospitais e prisões e outros lugares reclusos é igualmente uma solução possível para estas pessoas alcançarem  algum bem-estar psicológico e emocional.

Quando Júpiter tem o domínio da conjunção, estas pessoas podem adotar um estilo de vida «itinerante», viajando de país em país sem «lugar certo» para viver.

De uma forma ou de outra, o modo de vida destes nativos pode divergir bastante do que é comum na sociedade em que nascem.  Eles simplesmente não se adaptam a uma vida rotineira e institucional habitual nem aderem aos interesses e lutas do comum dos mortais.

Estas pessoas podem ser excelentes conselheiras de pessoas perto da morte ou que passaram por processos traumáticos, de reclusos, etc.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment