Glossário Astrológico- Efeito de Um Planeta Funcional Maléfico Dignificado

Paisagem noturna com planeta visível

Falamos neste artigo dos efeitos de um  planeta funcional maléfico quando está dignificado no horóscopo  segundo a astrologia Jyotish (exaltados por ex., mas também colocados no próprio signo , exaltados ou em signo amigo).

Várias abordagens da astrologia Jyotish convergem em afirmar que um planeta dignificado protege os significados gerais que rege (como karaka) e os significados  particulares  relativos ao seu estatuto funcional. Mas isto não significa que produza apenas resultados positivos, como veremos à frente.

Mas o princípio básico é o de que um planeta forte e bem posicionado produz resultados positivos. Mas qual é o peso da regência das casas, quando esse planeta está forte por estar dignificado e está bem colocado mas o seu signo molltrikona   ocupa uma casa dusthana?

E qual  é o efeito se esse planeta funcional maléfico  está exaltado?  Para responder teremos de ver em primeiro lugar,  em que  casa do horóscopo esse planeta  está colocado e as casas que rege. Vemos também os aspetos que lança e que recebe.

A primeira consideração geral  a fazer é a de que as casas que esse planeta rege veem os seus significados fortalecidos pelo estado dignificado do seu regente. Mesmo se uma dessas casas é dusthana, os seus significados positivos frutificarão.

Para determinarmos a área em que os efeitos positivos do planeta se manifestarão,  contamos o número de casas que separam o planeta e as casas que rege.

Vejamos o seguinte exemplo: Júpiter está colocado no signo Caranguejo, onde está exaltado, num horóscopo com Ascendente Capricórnio, tendo estatuto funcional maléfico porque o seu signo mooltrikona ocupa a 12ª casa.

Júpiter está também em aspeto com o signo Peixes, do qual é o regente.  Agora, a 12ª casa é a 6ª a partir da 7ª, na qual se encontra Júpiter exaltado.

Tendo em conta os significados gerais das casas, vemos que a 7ª é a casa das parcerias e do casamento, dos contratos e acordos enquanto a 6º representa os subordinados (numa relação de emprego) ou dependentes (numa relação familiar e doméstica) bem como as relações de trabalho, despesas e dívidas, doença e inimigos, serviço prestado a outros, etc.

Dentro destes significados, podemos considerar que, apesar de ter um estatuto de funcional maléfico, Júpiter pode, na verdade, ajudar a formar uma relação de parceria que traz benefícios para os subordinados ou dependentes do nativo com esta configuração e que ajudará a resolver problemas de dívidas, por ex. ou despesa acrescida.

Assim, o estatuto funcional de um planeta, obtido pela regência das casas do horóscopo não deve ser visto como um critério absoluto, pois a natureza do planeta mantém-se, embora seja mais fácil um planeta produzir bons resultados quando, além de estar dignificado, também rege boas casas e está colocado numa boa casa.

A casa de colocação do planeta dignificado é de grande importância quando se dá o período ou subperíodo do planeta no sistema vimsottari dasa.

E o mesmo pode dizer-se da distância entre essa casa  e a casa ou casas que o planeta rege no horóscopo em análise como ilustrámos atrás. A relação de casas entre a posição do planeta e as casas que rege dá pistas importantes sobre as áreas de vida que serão mais afetadas durante o período dasa  ( e subperíodos) do planeta.

As considerações seguintes são também úteis quando se trata de compreender os efeitos  dos planetas maléficos funcionais: a natureza da casa onde se encontram colocados, a natureza das casas que regem .

Segundo a abordagem sistémica do dr V. K Choudhry, os planetas funcionais maléficos, se forem fortes, protegem os significados que representam no horóscopo. Isso apenas não acontece quando são fracos.

E, embora o estado de exaltação seja uma «força» importante para os planetas, é preciso contar com outros fatores, antes de prognosticar os efeitos que o planeta irá produzir, pois um planeta exaltado mas afligido pela relação com outros planetas fracos ou mal colocado por casa, falha em produzir os resultados esperados.

De qualquer modo, um planeta funcional maléfico produz resultados difíceis ou eventos problemáticos durante o seu período dasa e subperíodos, o mesmo acontecendo quando transita pela posição natal  ou forma conjunção em trânsito com outros planetas, reduzindo a capacidade das casas e planetas com que entra em contacto para produzirem efeitos positivos.

Porém, quando o planeta funcional está exaltado tem uma relação de casas positiva (correspondente por ex., a uma casa trina) com a casa ocupada pelo seu signo mooltrikona, produz bons resultados, como referido atrás.

Isto acontece porque, para além da sua natureza funcional, os planetas têm os seus significados como karakas de acordo  com o estatuto  benéfico ou maléfico natural, que não se perde.

Há deste modo diversos fatores a considerar, para além do facto de um planeta funcional maléfico estar dignificado.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment