Importância dos Sutras na Análise Prashna

termómetro e comprimidos

Neste artigo continuamos a dar aos leitores o conhecimento da obra Prashna Marga, hoje falando da importância dos sutras na análise e interpretação da carta prashna.

Iniciando a Consulta Prashna

O primeiro passo a efetuar é desenhar a carta, com formato circular. Nos dia de hoje, limitamo-nos a deixar que isso seja feito por um software . Mas convém imprimir esse diagrama pois, como dissemos em outro artigo, é preciso encontrar o Arudha lagna, o que se faz ou colocando uma peça de ouro  aleatoriamente no zodíaco desenhado, ou simplesmente o dedo da mão.(método antigo, hoje substituído pelo cálculo).

Note-se que a descrição que consta da obra inclui uma série de rituais de caráter religioso que nos parecem  afastados das práticas atuais da astrologia no mundo ocidental, por isso não os mencionamos aqui.

Muitos desses rituais têm a marca da cultura e da época em que a obra foi escrita (século 17) e não são usados pela maioria dos astrólogos atuais, mesmo na Índia,  embora estes continuem a relacionar a astrologia com uma vivência espiritual. Na nossa opinião, o elemento fundamental que tem de estar presente é a intuição.

Elementos  a ter em conta na Carta Prashna

Felizmente, nos dias de hoje não é preciso fazer cálculos manuais para encontrar a carta prashna. Os leitores podem usar o software gratuito Jaganatha hora para o efeito.

Os elementos a anotar são, como num horóscopo de nascimento, os seguintes: o Ascendente; a posição da Lua e respetivo Nakshatra; posição do Gulika e Mandi. Embora haja controvérsia sobre se Mandi e Gulika são um mesmo planeta sombra, o autor de Prashna Marga assim o entende.

O uso conjunto das longitudes destes 3 elementos constitui o Trishputa[1], usado para vários fins, em especial no cálculo dos efeitos de uma doença ou da morte.

Encontrar a longitude do Arudha do Ascendente é também um elemento a ter em conta. Por ex., se o Ascendente está colocado a 5º 35’ do signo Aquário e o Arudha cai no signo Virgem, pode adicionar-se os 5º 35’ ao signo Virgem, considerando que essa é a longitude do Arudha.

Os Cinco Sutras

O cálculo dos sutras (regras, princípios de análise) é necessário para interpretar os resultados de uma consulta que diz respeito  à  saúde e morte.

Os sutras são os seguintes: Samanya, Adhipati, Amsaka, Nakshatra e Maha.

Samanya sutra é determinado a partir do Arudha e o Ascendente. O Adhipati é determinado pelos regentes dos anteriores. O amsaka sutra é encontrado a partir do Ascendente Navamsa e do Arudha; o Nakshatra sutra é calculado a partir do Nakshatra do Ascendente do querente (pessoa que faz a pergunta)  e do Nakshatra do signo que está no Ascendente da carta prashna. O Maha sutra é encontrado a partir do   Arudha e da 10ª casa a partir do Samanya sutra.

O Samanya Sutra e Amsaka Sutra são designados por Jeeva (vida), Mrityu (morte) e Roga (doença)  a partir das seguintes disposições do  Arudha e do Ascendente:

  1. Jeeva: quando ambos – Arudha e Ascendente – estão em signos cardinais; ou quando um está colocado num signo fixo e o outro num signo cardinal.
  2. Mrityu : quando o Arudha e o Ascendente estão colocados em signos fixos, ou quando um deles está num signo cardinal e o outro num signo mutável.
  3. Roga: O Ascendente e o Arudha estão ambos colocados em signos mutáveis, ou um está colocado num signo cardinal e o outro num signo fixo.

Quando o regente do Arudha e do Ascendente são o mesmo ou são amigos mútuos, então trata-se de um Jeeva sutra;

Se são neutros um em relação ao outro, é um Roga sutra; se são inimigos, trata-se um Mrityu sutra.

Quando os regentes do Arudha e do Ascendente não são amigos, nem inimigos nem neutros, usa-se outro método para determiner a sua natureza tem-se em conta as seguintes regras, segundo o  Dr Raman:

amigo+ amigo =Jeeva

amigo + Neutral = Jeeva

amigo +inimigo = Roga

neutro + amigo =Jeeva

neutro + neutro= Roga

neutro + inimigo =Mrityu

inimigo + amigo= Roga

inimigo + neutro= Mrityu

inimigo + inimigo =Mrityu

Outras situações a ter em conta são: quando o 10º signo a partir do Arudha e o Arudha são signos lunares[2] trata-se de um Jeeva sutra. Se forem ambos signos solares, trata-se de um mrityu sutra. Se um for lunar e o outro solar, trata-se de um Roga sutra.

Após a determinação dos sutra, pode então referir-se os seus significados: o Jeeva sutra indica vida longa e recuperação de doença; o Roga sutra indica que uma doença existente será prolongada e novas doenças surgirão; o mitryu sutra indica morte do parente do querente.

Numa consulta sobre outras matérias que não a saúde e doença, o Jeeva sutra indica sucesso em todos os empreendimentos; Roga indica fracasso e tristeza nos empreendimentos; Mrityu significa medo.

Nas questões em geral o Jeeva sutra confere longevidade, riqueza, vitalidade. O Roga sutra confere perda de dinheiro, preocupações mentais, doença. Mrityu indica prolongamento de doença, medo, fracasso nos empreendimentos, perturbação mental.

Na previsão de doença, é preciso ter em conta, além dos sutras, os bhutas (elementos). Existem 5 elementos- água, terra, fogo, ar e éter. Veremos no próximo artigo como se relacionam os sutras e os bhutas.

 

[1] Falaremos deste em outro artigo.

[2] O comentário do Dr Raman refere os signos Carneiro, Touro, Gémeos, Caranguejo, Sagitário , Capricórnio e Peixes como signos da Lua, ou signos noturnos; e aponta os signos Leão, virgem, Balança, Escorpião e a última metade de Aquário como signos do sol ou signos  diurnos. Esta sequência é diferente da que, normalmente, se apresenta para a classificação de signos diurnos e noturnos.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment