Glossário Astrológico- Graus Luminosos, Escuros, Nebulosos e Vazios

Espaço vazio e cheio
No artigo anterior falámos dos graus femininos e masculinos. Neste artigo iremos falar de outros tipos de graus dos signos, cujo conhecimento era considerado imprescindível pelo grande astrólogo do século 17, William Lilly. Falamos dos Graus Luminosos  Escuros Nebulosos e Vazios.

Primeiramente vamos referir, a partir da tabela apresentada por W. Lilly, os graus, em cada signo, os graus luminosos escuros nebulosos e vazios.  Nem todos os signos têm graus de todas as categorias.
Usaremos as seguintes siglas: L – luminosos; E– escuros; N– Nebulosos; V– Vazios

Signo Carneiro: E- 3, 16; L- 8, 20, 29; V- 24, 30
Signo Touro: E- 3, 30; L- 7, 15, 28; V- 12, 20.
Signo Gémeos: E- 7, 27; L- 4, 12, 22; V- 16, 30.
Signo Caranguejo: E- 14; L- 22, 28; N- 20; V- 18, 30.
Signo Leão: E- 10; L- 30; N- 20; V- 25.
Signo Virgem: E- 5, 30; L- 8, 16; N- 22; V- 10, 27.
Signo Balança: E- 10, 21; L- 5, 18, 27: V- 30.
Signo Escorpião: 3, 30; L- 8, 22; N- 24; V- 14, 29.
Signo Sagitário: E- 12; L- 9, 19, 30; N- 23.
Signo Capricórnio: E- 7, 22, 30; L- 10, 15, 19; V- 25.
Signo Aquário: E- 13; L- 9, 21, 30; N- 4; V- 25.
Signo Peixes: E- 18, 30; L- 6, 12, 22, 28; V- 25.
Esta caracterização dos graus dos signos é bastante antiga, encontrando-se, com algumas variações, na obra Elementos de Al Biruni , astrólogo e homem de grande saber de origem persa (séc. 10 e 11) e outros autores, por exe., do século 15.

A consideração destes graus era usada tanto na Astrologia horária como na Astrologia natal e eram principalmente considerados para a caracterização do grau do Ascendente e da posição da Lua. Eram feitas interpretações tanto sobre a constituição física da pessoa como das suas capacidades e competências com base nesta categorização.
Assim, como refere Lilly, os graus luminosos e escuros têm uma conotação física literal: quando o Ascendente calha num grau luminoso, a pessoa terá uma pele de tom mais claro do que quando calha num grau «escuro».
Quando há defeitos físicos, estes serão mais desagradáveis e evidentes quando a Lua ou o Ascendente calham em graus escuros do que quando calham em graus luminosos.

Quando a Lua ou o Ascendente calham em graus vazios, isso refere-se a capacidades e competências: esta classificação usa-se tanto nas questões da astrologia horária como nas características da personalidade quando se analisa a natal.

Assim, mesmo quando o querente é inteligente e faz uma pergunta na consulta horária e a Lua ou o Ascendente está num dos graus vazios, terá uma compreensão defeituosa do que está em causa, não sendo capaz de discernir de forma clara o que está em jogo.

O seu juízo não será sensato nem levará aos melhores resultados. E, quando na carta natal o Ascendente ou a Lua estão colocados em graus vazios, o indivíduo terá menos capacidades para julgar e avaliar do que os outros lhe atribuem e, quanto mais confiarem nele, menos se mostrará à altura.

Quando a Lua ou o Ascendente calham em graus nebulosos, a pessoa revela qualidades mistas, tanto no plano físico como ao nível das competências: por ex., ao nível da sua compleição não é nem pálida nem escura, nem alta nem baixa. A nível da personalidade e competências, não é nem burra nem muito inteligente, é portanto alguém mediano.
No próximo artigo completamos a caracterização dos graus do Zodíaco.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment