Sutras e Bhutas e a Previsão de Doença

elemento Água

Os conceitos que analisamos hoje – sutras e bhutas- têm relevo particular para a compreensão do funcionamento da medicina ayurvédica. Os leitores devem lembrar-se de que, no passado, o astrólogo também abordava estes temas, vaticinando resultados e «remédios».

Nos tempos de hoje, a medicina Ayurvédica continua a ser praticada, sendo encarada como uma das formas de «medicina alternativa».

Deixamos aqui os conceitos, para os que desejem conhecer melhor esta abordagem antiga.

Os bhutas, como referimos no último artigo publicado , referem-se aos 5 elementos da natureza: água, terra, fogo, Ar e «éter» (akasha,  em  sânscrito).

No corpo humano  a carne, os ossos, a pele, veias, cabelo pertencem ao elemento terra.

O sangue, a urina, suor, saliva, fluído seminal, pertencem ao elemento água.

A fome, a sede, o sono, a beleza do corpo, a falta de inteligência, pertencem ao elemento fogo.

O movimento, o latejar dos membros, o estremecer do corpo pertencem ao elemento ar.

O afeto, o medo, a paixão, o ódio, a velhice, são qualidades mentais e  pertencem ao elemento éter.

O bhuta terreste designa-se por Bhumi e tem regência de Mercúrio.

O bhuta aquoso  designa-se por Jala e tem regência de Vénus.

O bhuta do ar designa-se por Vayu e tem regência de Saturno.

O bhuta do fogo designa-se por Agni e tem regência de Marte.

O bhuta do éter designa-se por Akasha e tem regência de Júpiter.

Casas do horóscopo, Sutras e Determinação Temporal

As quatro primeiras casas do horóscopo e planetas aí colocados indicam o tempo presente; as quatro casas seguintes e planetas aí colocados indicam o futuro; as últimas quatro casas do horóscopo e planetas aí colocados indicam o passado.

Os sutras estão relacionados com o tempo, sendo por isso  muito úteis para avaliar se uma dada questão se refere ao presente , ao passado ou ao futuro. A determinação dos sutras na carta prashna e a sua classificação como Jeeva, Roga e Mrityu permite avaliar o resultado de  da questão, antes de ponderar outros fatores.

Por sua vez, a relação dos sutras com o tempo dá-nos a perspetiva temporal em que se desenvolve a questão:

Os sutras Nakshatra  e Adhipati  referem-se ao tempo presente.

Samanya Sutra refere-se ao passado.

Amsaka  e  Maha Sutras referem-se ao futuro.

Tal como sucede com os bhutas, os sutras também têm um regente astrológico:

Samanya Sutra- o regente é Mercúrio; Adhipati Sutra- Regente é Vénus; Amsaka Sutra- Regente Marte; Nakshatra Sutra- Regente Saturno; Maha Sutra- Júpiter.

A interpretação da presença destes planetas nas casas deve, no entanto, seguir o significado temporal das casas.

Deste modo, quando os planetas estão colocados nas primeiras 4 casas, os seus efeitos referem-se ao presente; quando estão colocados nas casas entre 5 e 8 os seus efeitos referem-se ao futuro; quando estão colocados nas casas entre 9 e 12, os seus efeitos referem-se ao passado.

O Uso de Três Sutras

Apesar de, na obra Prashna Marga, se falar de 5 sutras, há quem use apenas 3, para análise de questões de saúde:

Samanya Sutra, obtido a partir do signo Arudha e o «udaya lagna rasi» (correspondente ao «ponto mais efetivo» do Ascendente, ou o grau exato do Ascendente);

Dvvadasamsa Sutra– obtém-se a partir do Arudha do Ascendente da D-12 e do Udaya lagna.

Navamsa Sutra–  obtém-se a partir do Ascendente Navamsa e do Udaya lagna.

Os leitores poderão usar o software gratuito Jaganatha hora, escolhendo no menu «modes» prashna/horary para encontrar os elementos relevantes da carta prashna para analisar, não damos por isso aqui os cálculos manuais.

Para usar estes sutras para a interpretação, deve ter-se em conta o seguinte:

Se estes sutras forem mitryu sutras e se, além disso, os regentes do Arudha navamsa e do Arudha Dwadasamsa forem inimigos do regente   do Arudha, e se além disso também os outros indicadores (Thrisphuta, Duta Lakshana, Dasas  e  Antardasas do horóscopo de nascimento do nativo) forem negativos, o querente, embora estando aparentemente de boa saúde, enfrentará a morte.

Apesar desta  aparente certeza, não aconselhamos ninguém a fazer uma previsão tão definitiva, embora possa ser ditto à pessoa que deverá rodear-se de cuidados especiais.

Quando estes 3 sutras são Jeeva e todos os elementos referidos no parágrafo anterior são positivos, pode-se prever que o nativo manterá a saúde e não ficará acamado.

Quando há um misto de Jeeva e de outros sutras, pode-se prever que o querente recuperará, depois de tratamento medicinal.

No próximo artigo falaremos do uso do Thrisphuta para determinar respostas a questões de saúde  e doença.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment