conjunção Lua Ketu na 1ª Casa Signo Carneiro

mulher desfolhando uma flor

Descrevemos  neste artigo os efeitos gerais da conjunção Lua Ketu na 1ª casa do horóscopo e no signo Carneiro.

Pode Ler um artigo sobre a colocação da Lua na 1ª casa aqui e no signo Carneiro aqui.

Pode ler um artigo sobre a colocação de Ketu  na 1ª casa aqui e no signo Carneiro aqui.

A conjunção Lua Ketu na 1ª casa pode ser difícil porque a Lua é extremamente impressionável e o mesmo acontece com Ketu, que facilmente assume características da personalidade de outros.

Por outro lado, a Lua na 1ª casa sente grande necessidade de segurança em todos os níveis mas Ketu é uma energia que torna a pessoa apática em relação a todas as questões de segurança. Estas pessoas desligam-se do corpo e podem ser pouco sensíveis às questões da sua aparência física, forma física, vestuário, etc.

Existe um profundo desligamento em relação à construção de uma identidade própria e estas pessoas não têm verdadeiramente consciência de si próprias, assumindo facilmente personagens que captam nos outros ou, simplesmente, comportam-se de acordo com o que os outros esperam delas.

Isto significa que o seu comportamento muda de acordo com o ambiente em que se encontram  e de acordo  com as pessoas  com quem interagem.

O eclipse de Ketu sobre a Lua faz com que estes nativos fiquem «cortados» da relação com a mãe, que pode ela própria ter problemas psicológicos , ser dependente de substâncias tóxicas ou álcool e  , desse modo, ser distante em relação ao nativo, não lhe dando a segurança de uma relação de vinculação que permita estabelecer as fundações para o desenvolvimento de uma identidade equilibrada e de relacionamentos satisfatórios com os outros.

Quando a Lua tem a regência de uma casa dusthana, pode mesmo haver doença mental  da mãe e/ou muita perturbação mental da mãe e do nativo.

Assim, estas pessoas são frágeis, tanto psiquicamente como fisicamente. Defendem-se do mundo que as cerca através de estratégias de evitamento, assistindo ao que se passa à sua volta como se não lhes dissesse respeito.

Ao separar o nativo da sua dimensão emocional e da realidade do seu corpo, esta conjunção também torna problemáticos os relacionamentos. Estas pessoas não criam verdadeiros laços com ninguém e podem entrar e sair de relacionamento atrás de relacionamento.

Podem casar com parceiros oportunistas que usam o casamento como  trampolim social.

Não manifestam as características naturais da 1ª casa, não sendo competitivas, nem sentindo desejo autêntico de sobressair a nenhum nível. São descuidadas com a sua aparência e «imunes» a todas as críticas pelo seu ar desalinhado. Não fazem nada para serem mais atraentes.

Nos períodos dasa e antardasa da Lua e de Ketu estas pessoas podem passar por experiências dramáticas em que sofrem perda de pessoas- os pais, o cônjuge , etc., e ficam desligadas de tudo  o que até então marcou a sua realidade, tanto pessoal como social.

Porém, não sentem verdadeiro sofrimento por esses acontecimentos porque vivem tudo isso como «espetadoras» e não como estando verdadeiramente envolvidas neles.

Não tendo uma identidade consistente, estas pessoas assumem as ideias e modos de ser de outros, podendo parecer que estão envolvidas naquilo que fazem, sem o estar verdadeiramente.

Por exemplo, o cônjuge ou outros parceiros de negócios podem manipular astuciosamente  o nativo para assumir uma causa ou determinados objetivos que, na verdade, servem os parceiros, e acontece que estas pessoas muitas vezes assumem esse papel , parecendo muito convincentes no seu desempenho mas, interiormente, nada disso lhes diz verdadeiramente alguma coisa.

Simplesmente, à falta de verdadeiro poder de afirmação  pessoal, assumem a ambição de outros como  eternos atores, convictos do seu papel. Mas não estão envolvidos a nível profundo, tudo isso é mais uma máscara, das muitas que estas pessoas põem durante a vida.

Há um desenraizamento em relação ao corpo que, em certas circunstâncias, pode colocar a integridade física em perigo.Não se adaptam verdadeiramente a viver num corpo físico e possuem uma perceção psíquica muito forte que, de vez em quando, tolda ainda mais o seu sentido de «realidade».

Há em geral desinteresse pela vida sexual e pode haver dependência de medicamentos, álcool  e de outras substâncias.

Estas pessoas tendem a captar e exprimir aspetos da consciência coletiva, tanto positivos como negativos, pelo que o público pode sentir simpatia ou grande aversão em relação a elas.

Quando a conjunção Lua Ketu  se dá no signo Carneiro  o espírito competitivo do signo é reduzido bem como as tendências agressivas.

Mas, em vez da pessoa assertiva que costuma existir quando a Lua está colocada no signo Carneiro, aparece a dúvida em relação ao próprio valor.

Em vez da forte ligação à comunidade, ao país e à sua cultura, temos uma pessoa desenraizada e cheia de dúvidas interiores quanto às próprias capacidades e talentos naturais.

Marte,  o dispositor da conjunção, precisa de estar forte no horóscopo, caso contrário, estas pessoas podem ser inteiramente alheias ao sentimento de perigo. Podem colocar-se em situação de perigo físico sem fazerem nada para se protegerem

A conjunção Lua Ketu no signo Carneiro indica um karma relacionado com o uso da força, da competitividade e da agressão como expressão pessoal. Por isso, estas pessoas podem ter, na vida atual, comportamentos opostos, umas vezes agressivos, outras vezes mais passivos, em relação aos assuntos da casa em que se dá a conjunção.

Assim, revelam uma ambivalência de comportamento em relação à área de vida significada. Por ex., se a conjunção Lua Ketu no signo Carneiro estiver na 9ªcasa, estas pessoas podem , em alguns momentos, desafiar a autoridade , o pai e outras figuras, os valores humanistas e, em outros momentos, podem ser perfeitamente passivas e não responsivas em relação a essas figuras.

Se Marte estiver em aspeto com a conjunção Lua Ketu, a pessoa exterioriza as competências atléticas e competitivas e pode mesmo tornar-se campeã em alguma modalidade desportiva, pode ser líder na área profissional escolhida, podendo igualmente ser bastante agressiva.

Se Marte estiver fragilizado ou aflito, esta pessoa pode usar de violência , gostando de usar armas como facas e pode causar danos a si própria ou a outros, sem ter muita consciência do que está a fazer, como se uma parte de si se separasse  e tornasse autónoma.

A partir de meados ou final dos 40 anos, esta personalidade pode libertar-se da influência de Ketu e exprimir de forma mais saudável a energia da conjunção Lua

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment