Prashna Marga- Regentes do Dia e Mais

gaiola com luz acesa no interior junto a Buda sorridente

Continuamos a explorar a obra Prashna Marga, falando de como encontrar  os regentes das partes do dia para responder a questões de «sim» e «não» , encontrar uma pessoa , determinar  como obter  sucesso  num empreendimento, encontrar as  características dos noivos.

Regentes das Partes do Dia

Na astrologia prashna convém saber quais são os regentes das partes do dia, em especial para perguntas que se respondem como «sim» ou «não».

Cada dia é dividido em 8 partes, começando a partir do nascer do Sol. A primeira parte do dia é atribuída ao planeta que rege a semana  e depois segue-se a ordem a partir do Sol até Rahu.

Umas partes de cada dia são, deste modo, consideradas benéficas e outras negativas mas esta divisão do dia, segundo o Dr Raman, não tem a ver com as horas planetárias.

Deste modo, é preciso calcular manualmente os regentes das partes do dia. 24 horas correspondem a 60 ghatis. 1 ghati contém 60 vighati; 1 hora contém 2.5 ghatis e 15 ghatis (ou ghatika) equivalem a 6 horas. Cada ghati é equivalente a 24 minutos (ou 6º).

Com estas medidas em mente, é fácil calcular as partes do dia para fazer perguntas para a consulta prashna: o regente do dia é fácil de calcular: se for um domingo é o Sol, de for uma segunda feira é a Lua, etc.

O regente do dia tem a primeira das 8 partes do dia e a sequência a ter em conta é, por ex., para um domingo: Sol, Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vénus, Saturno, Rahu. Se for por exemplo, uma 5ª feira, Júpiter rege a primeira hora e a seguir temos Saturno, Rahu, Sol, Lua, etc., seguindo sempre a ordem natural dos planetas.

Agora, se a pessoa está a fazer uma pergunta para as 5 h da tarde, tem de contar quantos ghatis passaram desde o nascer do Sol. Deve consultar-se as efemérides ou algum almanaque que indique a hora do nascer do sol. Imaginando que passaram 30 ghatis , convertemos este número para vighatis e obtemos 1800 (30×60).

Seguidamente este número é divido por 225 e o quociente corresponde ao período do dia. Neste caso dá 8,  o último período do dia antes do pôr do sol. Nos casos em que a divisão tem  um «resto», considera-se a hora acima do número do quociente.

No exemplo dado, a hora escolhida não é uma boa hora para obter sucesso naquilo que se deseja saber pois a hora pertence a Rahu.

O autor de Prashna Marga considera que, quando Júpiter, Vénus ou Mercúrio regem  o período de tempo no qual é feita a pergunta, isso auxilia a matéria da questão a produzir bons resultados e estes serão plenamente realizados.

Quando a Lua rege a hora da questão os objetivos da questão serão realizados no «tempo a devido». Mas, se  o Sol, Marte, Saturno ou Rahu forem os regentes da hora, o assunto da questão está destinado a falhar a sua concretização.

Compreende-se deste modo a importância de escolher bem a hora na qual se fará a pergunta para a consulta horária.

O Dr Raman comenta que este simples método de ter em conta o regente da hora é uma forma de responder , sem mais complexas análises, a perguntas sobre qualquer matéria, contanto que a pergunta, acrescentamos nós, possa ser respondida em termos de «sim» ou «não».

Encontrar uma Pessoa

Por vezes o astrólogo precisa de saber o paradeiro do querente: está este em casa ou longe?

Para responder, tem-se em conta o tipo de signo que está na cúspide da 1ª casa- cardinal, fixo ou mutável; analisar também o navamsa lagna (Ascendente da divisional navamsa).

Se ambos os Ascendentes estiverem num signo cardinal, o querente está num local distante, em viagem de trabalho ou semelhante; se o Ascendente é cardinal e o Ascendente navamsa é fixo, a pessoa está num local distante mas não está em viagem. Se o Ascendente é cardinal e o Ascendente Navamsa é mutável, a pessoa está longe e umas vezes está num local fixo e outras vezes está em viagem.

Quando o Ascendente é fixo e o navamsa é cardinal, o querente está num local próximo e a viajar de um lugar para o outro. Se ambos os Ascendentes são fixos, o indivíduo está num local próximo sem fazer viagens longas. Se o Ascendente é fixo e o navamsa é mutável, a pessoa está num local próximo e umas vezes está a viajar e outras está parada nesse local.

Se o Ascendente é mutável e o navamsa é cardinal, a pessoa não está nem muito longe nem muito perto de casa e leva uma vida a deambular de um lado para o outro. Quando o Ascendente é mutável e o navamsa é fixo, o indivíduo encontra-se  nem muito perto nem muito longe de casa  e tem uma vida sedentária. Se ambos os Ascendentes são mutáveis, o indivíduo está nem muito perto nem muito longe de casa e, umas vezes tem vida sedentária e outras vezes viaja.

O autor de Prashna Marga afirma que o que foi referido antes pode ser lido também a partir do signo e navamsa onde está colocado o regente do Arudha. Se houver discrepâncias nas leituras encontradas, escolhe-se a que for mais forte.

Sucesso na Vida

A posição do regente do Ascendente indica a direção na qual a pessoa terá sucesso na vida. Aqui tanto pode considerar-se o Ascendente correspondente à hora de nascimento ou o Ascendente da carta prashna na consulta horária.

Se houver um planeta exaltado no Arudha ou na 7ª casa a partir deste, o querente adquire riqueza através dos significados desse planeta.

Questão: Por que meios conseguirei ganhar neste processo?

A resposta é encontrada no planeta mais forte que ocupa o Ascendente, alguma casa kendra ou casas upachaya. Se o planeta em causa for Júpiter ou Vénus, os meios serão gentis; se for a Lua, poderá ganhar recorrendo a suborno;

Saturno, Rahu e Mercúrio permitem ganhar através da intimidação. O sol ou Marte permtem ganhar pelo uso da força. Para os efeitos serem mais fortes, deve escolher-se atuar no dia da semana ou hora do planeta em causa.

O Dr Raman acrescenta que Vénus e Júpiter estão associados a métodos de persuasão, enquanto a Lua indica oferta de dinheiro e presentes; Marte e o sol regem a rutura aberta e a guerra e Saturno, Mercúrio e Rahu regem todas as formas de intimidação. Quanto à hora de Rahu e Ketu é semelhante, respetivamente, à de Saturno e Marte.

Questão: Encontrarei o tesouro no local x?

Para responder, ver se todos os planetas benéficos estão colocados em casas kendra ou na 11ª e 4ª casas. Se isso suceder, o tesouro está no local que a pessoa refere. A direção indicada pelos planetas benéficos significa aberturas ou janelas ou portas para a localização. Para determinar isto é preciso saber para cada planeta qual a direção que este representa.

Para saber a quantidade de riqueza a encontrar, vê-se a dignidade dos planetas colocados nas casas referidas: se estiverem exaltados, no próprio signo ou signo amigo,  a riqueza será substancial (por ordem decrescente);

Mas se os planetas estiverem debilitados ou em signo inimigo a quantia de riqueza será mínima. Quando os planetas benéficos estão debilitados, a localização do tesouro é indicada pela direção dos planetas maléficos.

Saber as Características do Noivo e da Noiva

Numa questão sobre o casamento:

As características da noiva devem ser lidas a partir do regente do Arudha; as características do noivo devem ler-se a partir do regente da 7ª casa a partir do Arudha. As características aqui são físicas. Cada planeta representa algumas características específicas:

O Sol e Marte regem feridas e áreas doloridas; Júpiter denota cor cobre dos olhos. Saturno representa feridas na perna esquerda. Vénus significa sinais ou verrugas nos lados; a Lua significa sinais, verrugas ou cicatrizes; Mercúrio significa nervos salientes no corpo.

Quanto ao querente, este é representado pela 1ª casa e o seu regente.

Varahamihra também atribuiu outras características aos planetas, características importantes para caracterizar as pessoas em causa   e que todo o praticante de astrologia horária deve conhecer.

Felicidade e Tristeza para os Pais

Neste artigo falamos da relação entre os Nakshatras de nascimento e da sua influência nos pais segundo a obra Prashna Marga.

Um filho cujo Nakshatra (da Lua)  tem a regência do planeta que rege a 12ª casa a partir da Lua  no horóscopo do pai  causará tristeza para o pai através de viagens e outras ações.

Se o Ascendente do filho calhar na 6ª casa  a partir do signo da Lua no horóscopo do pai ou se o Nakshatra do filho tiver a regência do planeta que rege a 6ª casa a partir do signo da Lua no horóscopo do pai, o filho será inimigo do pai.

Se o regente do signo onde está a Lua no horóscopo do pai estiver colocado na 12ª casa a partir do Ascendente no horóscopo do filho ou em conjunção com o planeta que rege a 12ª casa a partir do Ascendente do filho, este será chamado a pagar as dívidas do pai.

Quando a 9ª casa calha num signo cardinal ou o regente da 9ª casa está colocado num signo cardinal e se o regente da 9ª casa ou o Sol estão colocados na 8ª ou 12ª casas, o filho não estará perto do pai quando este morrer.

Quando a configuração descrita no último parágrafo se dá num signo mutável, o filho receberá a notícia da morte do pai quando estiver fora.

Quando a configuração descrita atrás se dá num signo fixo e há planetas benéficos colocados na 9ª casa ou em aspeto com a 9ª casa ou com o regente da 9ª casa, o filho estará junto do pai no momento da sua morte e prestar-lhe-á assistência e ajudá-lo-à a fazer a transição.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment