Força Ashtakvarga na Interpretação do Dasa

abstrato

Em primeiro lugar anota-se o nº de pontos Ashtakvarga do planeta regente do período dasa. O período dasa deve dividir-se em 12 partes (de duração variada, conforme o nº total de anos do período. A primeira dessas 12 partes é representada pelo signo onde está colocado o regente do período.

Deve respeitar-se o mesmo número de meses para cada um destes subperíodos, do período dasa em causa. O segundo subperíodo será o do signo/casa a seguir ao da colocação do regente do período dasa, seguindo-se essa ordem até esgotarem os 12 signos/casas.

Os subperíodos correspondentes aos signos nos quais o planeta regente do dasa tem mais pontos serão favoráveis nos efeitos; os subperíodos correspondentes aos signos nos quais o planeta tem poucos pontos serão desfavoráveis de modo geral.

O Dr Raman desenvolveu alguns comentários que ajudam a perceber melhor como fazer isto: por ex., imaginemos que o nativo vai atravessar o período dasa de Mercúrio. Este tem a duração total de 17 anos. Assim, para usar este método, vamos considerar que cada subperíodo atribuído é de 17 meses.

Agora, Mercúrio está colocado no signo Leão. Este signo será o primeiro subperíodo do planeta e terá efeitos de acordo com o nº de pontos Ashtakvarga que Mercúrio dá nesse signo.

Cada subperíodo dá resultados de acordo com a casa ocupada pelo signo ativo. No exemplo que estamos a seguir, Aquário está no Ascendente pelo que Mercúrio está colocado na 7ª casa. Assim, o primeiro subperíodo dará efeitos relacionados com a 7ª casa.

Agora, sobre o tipo de efeitos, vemos o nº de pontos que Mercúrio obtém no signo Leão. Se forem muitos, os efeitos serão bons; mas, se não houver pontos do planeta neste signo, os significados da 7ª casa serão afetados negativamente nestes primeiros 17 meses.

Reduções Ashtakvarga

Trikona Sadhana

Trikona Sadhana significa «redução triangular» referindo-se aos signos da mesma triplicidade. Se num dos signos que ocupam as casas trikona ou a mesma triplicidade o número de pontos é 0, os pontos existentes nas outras casas da triplicidade são eliminados.

Se os 3 signos da mesma triplicidade[1] têm pontos, eliminar o número menor em  cada um. Se os 3 signos da mesma triplicidade têm o mesmo número de pontos, eliminam-se todos; se apenas há pontos em dois desses signos, eliminar os pontos do segundo que os tem.

Ekadhipatya

Depois de proceder a esta trikona Sadhana, efetuar a redução Ekadhipatya, aplicada a todos os signos á exceção de Caranguejo e Leão: se os dois signos com regência do mesmo planeta têm o mesmo número de pontos, eliminar estes pontos; se um dos signos tem mais pontos do que o outro, eliminar o número menor em cada um deles. Isto não deve ser feito se houver planetas colocados nesses signos.

Há, no entanto, algumas diferenças sobre o método de redução referido, entre os autores clássicos.

Redução Zodiacal e Planetária e Efeito dos Trânsitos

Cada signo tem um fator atribuído: Touro e Leão 10; Gémeos e Escorpião 8; Balança  e Carneiro 7; Virgem e Capricórnio 5; Caranguejo 4; Sagitário 9; Aquário 11; Peixes 12.

Depois de ter efetuado as duas reduções referidas atrás- trikona sadhana e ekadhipatya, multiplicar os pontos restantes nos vários signos pelo seu fator. Somar todas as parcelas encontradas. A este resultado chama-se  Rasi Guna Yoga ou soma dos fatores zodiacais.

Tendo em conta que os signos com planetas colocados não são objeto de redução, multiplicar os pontos de cada um desses signos pelo fator do planeta colocado. É o seguinte o fator planetário de cada planeta: Sol 5, Lua 5, Marte 8, Mercúrio 5, Júpiter 10, Vénus 7  e Saturno 5.

A totalidade das somas destes produz o Graha Guna yoga ou Soma dos fatores planetários.

A soma das duas operações referidas – fatores zodiacais e planetários- constitui Suddha pinda.

É possível efetuar previsões sobre morte, doença, casamento, filhos, usando estes fatores, segundo ensinamentos do autor de Prashna Marga. Os leitores que tiverem curiosidade em explorar estes usos da Ashtakvarga poderão ganhar em estudar o livro do Dr Raman sobre como usar a Ashtakvarga nas previsões no horóscopo.

 

[1] Mesha trikona: signos Carneiro Leão e Sagitário; Vrishabha trikona: Touro, Virgem e Capricórnio; Mhituna trikona: Gémeos Balança e Aquário; Karkataka trikona: Carnaguejo, Escorpião e Peixes.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment