Regente da 3ª Casa na 1ª 2ª e 3ª Casas

homem comunicando com a equipa

Neste artigo descrevemos os efeitos do regente da 3ª casa do horóscopo na 1ª 2ª e 3ª casas. Este artigo complementa um outro publicado anteriormente, dando agora mais informação.

Regente da 3ª Casa na 1ª Casa

Quando o regente da 3ª casa está colocado na 1ª casa o nativo é independente e tem a coragem e a iniciativa para correr riscos em novos empreendimentos. Pode haver vários irmãos e estes prosperarão, se os regentes da 3ª e da 1ª forem fortes e não houver aflições na 1ª e 3ª casas.

O nativo também pode ganhar bastante com o próprio esforço. Basicamente, os seus ganhos virão como resultado do próprio trabalho e não por circunstâncias exteriores ou de pura sorte.

Pode ter uma natureza bastante argumentativa e discutir com frequência com os que o rodeiam. Será determinado e ambicioso, perseguindo os próprios objetivos. Manterá o espírito independente.

O nativo terá boas capacidades de comunicação e pode haver talento artístico para a música, dança ou representação. Realizará muitas viagens de curta distância ao longo da vida, por exe., para ir trabalhar.

A personalidade do nativo desenvolve-se através da compreensão do ambiente que a cerca e da comunicação do que pensa e aprende sobre isso. Precisa de comunicar as suas experiências com os outros, seja oralmente seja através da forma escrita ou ainda através de alguma expressão artística.

Pode gastar uma parte do seu tempo a comentar os «assuntos do dia» que envolvem as notícias sobre o mundo à sua volta, as pessoas conhecidas, amigas ou socialmente relevantes.

Normalmente está a par de «tudo o que se passa», gostando de comentar isso e pode mesmo, em alguns casos, cair na «coscuvilhice». Não é a pessoa indicada para manter ne guardar segredos.

Gosta de ter uma lista alargada de contactos, considerada vital para os seus empreendimentos pessoais  e sente necessidade de estar continuamente «ligada» em rede com outros por ex. usando continuamente as redes sociais e o chat, os comentários, etc.

Gosta de falar, incluindo falar sobre si (e os outros).

Regente da 3ª Casa na 2ª Casa

Se o nativo tiver irmãos, estes podem ser mais ricos do que ele. Em alternativa, os irmãos ajudam a obter riqueza para o nativo ou este pode ganhar a vida a trabalhar para um irmão.

Sendo a 2ª casa uma casa maraka, pode significar problemas de saúde para os irmãos. Se o regente da 3ª casa estiver debilitado ou severamente aflito sem receber nenhum aspeto de planetas benéficos, pode mesmo indicar a morte de irmãos.

Esta colocação também não favorece a motivação, determinação, coragem e capacidade de iniciativa do nativo pois a 2ª casa é a 12ª em relação à 3ª casa. Mas, como a 3ª é a 2ª casa a partir da 2ª, o nativo pode ganhar bastante riqueza. Porém, será difícil mantê-la, podendo dispersar-se rapidamente em gastos.

Tal despesa pode ser feita para satisfazer os muitos desejos de momento do nativo,

Quando a 2ª e 3ª casas são fortes e também os seus regentes e estão se aflições, o nativo pode ter sucesso numa carreira artística, em especial na música, canto, dança ou representação.

Quando o regente da 3ª casa é um planeta benéfico e amigo do regente da 2ª, o nativo realizará desejos e ambições. Mas, se o regente da 3ª casa estiver colocado na 2ª em conjunção com um planeta maléfico, será difícil obter ganhos e a sua longevidade pode ser reduzida.

O ambiente familiar pode ser de tensão e discussão e pode ser feita despesa considerável com os irmãos, em especial quando os regentes da 2ª e da 3ª têm uma relação de inimizade.

O nativo pode obter ganhos através de atividades ligadas à comunicação, à escrita ou alguma atividade artística das referidas, incluindo o jornalismo, marketing, relações públicas, publicidade, etc. O ensino, especialmente orientado para questões práticas relacionadas com poupanças, investimentos, seguros ou escrita em jornais e revistas sobre esses temas, é outra possibilidade.

O desenvolvimento da autoestima desenvolve-se em conjunto com o processo de educação, desde cedo na vida. O nativo encara o aprender e recolher informação sobre o mundo e sobre os outros como sendo fundamental para ganhar dinheiro.

Do mesmo modo, o círculo social e as conexões com os outros, inclusive nas redes sociais, são vistos em primeiro lugar como oportunidades para ganhar dinheiro.

Alguns podem escrever sobre a área financeira, por ex., sob a forma de aconselhamento acerca de meios para pequenos investidores poderem obter dinheiro para as necessidades imediatas.

Regente da 3ª Casa na 3ª Casa

Esta é uma boa colocação pois o regente da casa está colocado na casa que rege.  Esta posição favorece os ganhos através do esforço, mérito e  trabalho pessoal.  A pessoa é autoconfiante e corajosa, alegre e com boa disposição perante a vida e tem excelentes capacidades para comunicar.

Porém, o estilo de comunicação varia conforme o regente da 3ª casa tem natureza benéfica ou maléfica: a pessoa é amável e suave no falar quando esse regente é benéfico e rude e brusca quando é maléfico.

Segundo os clássicos, esta posição favorece a felicidade pessoal e os ganhos e indica que o nativo terá muitos amigos.

O empreendedorismo do nativo traz-lhe riqueza e respeito da sociedade  e pode dar-se muito bem num negócio independente.

O nativo sente grande apego por todas as formas de comunicação, valorizando muito o ato de comunicar que encara como a máxima expressão humana. Adora falar e interagir, o que faz a toda a hora e sempre que pode.

Gosta de se dar com os irmãos, vizinhos e as pessoas que vê habitualmente no seu quotidiano, gostando de manter conversação com os outros, mesmo que não haja nada de importante para comunicar.

Na verdade, falar e comentar o que se passa, é a forma como estas pessoas se ligam aos outros. Deste modo, estão sempre prontos para conversar e têm sempre algo para dizer aos que encontram. São, para muitos, uma espécie de «fonte» para tudo o que se passa e gostam de comentar eventos e «notícias» com os que encontram.

Fazem-no para «se ligar» aos outros, por curiosidade e porque, realmente, adoram «mexericos», considerando que a melhor aproximação de alguém é a formula «então já sabe o que aconteceu com …?»

Em suma, correm o risco de se perder na coscuvilhice e nos eventos superficiais que satisfazem a curiosidade e o gosto de «maldizer» se não forem chamados à realidade por tarefas que precisam de cumprir. Podem ter dificuldade em estabelecer um diálogo interno de reflexão, por estarem sempre a exteriorizar tudo o que pensam.

São facilmente viciados em chats e interações nas redes sociais.  Poderiam ganhar estabilidade interna adotando a publicação num blog ou escrevendo um diário para poderem interiorizar e profundar o sentido das experiências que vivem e contam e reduzir assim a irrequietude mental de estar sempre a observar o que se passa à sua volta.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment