Forças e Relações Temporais dos Planetas

planetas no Espaço

Neste artigo falamos das  forças e relações temporárias dos planetas. Esta informação complementa a dada no artigo anterior sobre as relações naturais ou permanentes de amizade, inimizade e neutralidade.

Relações Temporais  entre os Planetas e Força dos Planetas

Para além das relações de amizade, inimizade e neutralidade permanente entre os planetas, há também que ter em conta o relacionamento temporal entre os planetas. De acordo com este, os planetas colocados na 2ª, 12ª, 11ª , 3ª , 10ª e 4ª casas a partir da posição de um determinado planeta são seus amigos temporais.

Os planetas colocados nas restantes casas a partir da posição de um dado planeta são seus inimigos temporais. Através da combinação das relações permanentes e temporais dos planetas obtém-se a classificação dos planetas como grande amigo, amigo, neutro, inimigo e grande inimigo.

Assim, da combinação entre a relação permanente e temporal resulta o seguinte:

Planeta amigo + planeta amigo= grande amigo

Planeta inimigo + planeta inimigo= grande inimigo

Planeta neutro + planeta amigo= amigo

Planeta neutro + planeta inimigo= inimigo

Planeta inimigo + planeta amigo= neutro

Os planetas adquirem força adicional devido a determinadas condições, que descrevemos a seguir.

Força  Posicional dos Planetas- Sthanabala

Um planeta tem força posicional (Sthanabala) quando está colocado no signo de exaltação, em signo amigo, no seu drekkana, no navamsa, no signo que rege.

Força direcional dos Planetas- Digbala

Mercúrio e Júpiter são fortes quando estão no ESTE ou Ascendente;

O Sol e Marte são fortes quando estão no SUL ou 10ª Casa;

Saturno é forte quando está no OESTE ou 7ª casa;

A Lua e Vénus são fortes quando estão no NORTE ou 4ª casa.

Alguns autores completam isto afirmando que Mercúrio e Júpiter são fortes na triplicidade Este, dos signos Carneiro, Leão e Sagitário.

O Sol e Marte são fortes nos signos da triplicidade Sul, Touro, Virgem e Capricórnio.

Saturno é forte na triplicidade ocidental, nos signos Gémeos, Balança e Aquário.

E Vénus e a Lua são fortes na triplicidade de signos do Norte, Caranguejo Escorpião e Peixes.

Esta última categorização não nos faz muito sentido, uma vez que, por ex., no caso da Lua, equivale a aceitar que a Lua e Vénus são fortes nos signos em que ficam debilitadas. Assim, isto reforça o argumento que defende que a Lua não tem signo de debilitação.

Força dos Planetas em Relação ao movimento -Chesthbala

O Sol e a Lua têm esta força quando estão colocados nos 6 signos a partir de Capricórnio.

Os planetas restantes têm esta força quando transitam retrógrados ou quando estão em conjunção com a Lua ou quando estão mais brilhantes ou ainda quando são planetas no Norte formando conjunções.

Força Temporal dos Planetas – Kalabala

A Lua, Marte e Saturno têm esta força temporal à noite.

Mercúrio é forte tanto de noite como de dia.

Os restantes planetas são fortes de dia.

Os planetas maléficos têm força temporal na Lua minguante (Krishna paksha); os planetas benéficos têm força temporal na Lua crescente (Sukla Paksha).

Para além disso, cada planeta tem também esta força no seu ano, mês, dia e hora.

Força Geral dos Planetas- Naisargika Bala

Saturno, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vénus, Lua Sol. A força de cada planeta é a seguinte: a partir do sol, que é o mais forte, a Lua é o segundo mais forte; Vénus é o que tem mais força a seguir à Lua; Júpiter é o mais forte a seguir a Vénus, Mercúrio é o mais forte a seguir a Júpiter, Marte é o mais forte a seguir a Mercúrio e Saturno é o menos forte de todos.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment