Regente da 6ª Casa na 10ª 11ª e 12ª Casas

ativistas dos direitos humanos

Neste artigo descrevemos os efeitos da colocação do regente da 6ª casa na 10ª 11ª e 12ª casas. Este artigo complementa um mais antigo anteriormente publicado.

Regente da 6ª Casa na 10ª Casa

O regente da 6ª casa na 10ª  casa  tem em comum com a 10ª casa o serem ambas casas artha ou de riqueza, bem como casas upachaya, indicando grande capacidade de esforço para subir na vida e agir para alcançar riqueza , nome e status.

Mas a 6ª casa não é apenas uma casa upachaya ou de crescimento, também é uma casa dusthana, indicando, por isso, obstáculos na área profissional. Sendo a 6ª casa uma casa de serviço, significando mais o trabalhador que obedece do que o que gere, o nativo não atinge, em geral, o topo da sua carreira, mas poderá, com esforço e com o tempo, alcançar uma posição confortável.

No entanto, pode ter de lidar com inimizades no local de trabalho, mudanças na área profissional ao longo da vida. Se o regente da 6ª casa estiver fraco, debilitado ou aflito, o nativo pode perder o emprego ou descer de categoria, por alguma razão, que pode ter origem na alteração da sua reputação ou razões sociais exteriores a si.

Esta posição reduz a ambição profissional do nativo levando-o a contentar-se com uma posição subordinada. Mas, se for trabalhar para um país estrangeiro, os seus esforços poderão ser bem conseguidos.

Terá, de resto, mais possibilidades de sucesso e de felicidade indo para longe da terra natal.

Esta posição não favorece a mãe, nem a felicidade da mãe ou a saúde desta, nem do nativo, podendo indicar problemas de coluna, nas articulações, etc. Pode também sofrer de stress devido a excesso de tensão mental.

O nativo pode desenvolver uma carreira na área da saúde ou jurídica, especialmente na litigação. A prestação de serviços relacionados com animais, a profissão de «coaching», são outras possibilidades.

Se o regente da 6ª casa estiver colocado em aspeto com o regente da 10ª casa e for mais forte do que este, o nativo pode ter muitos problemas na área profissional e muita dificuldade para conquistar credibilidade e uma boa reputação.

Com esta posição, a reputação social e a imagem que os outros formam do nativo tem grande ligação com o que este faz em termos profissionais. Será julgado pelos outros a partir dessa atividade e das atitudes que tem em relação ao trabalho.

O mesmo acontece com o modo como mantém (ou não) hábitos saudáveis, incluindo a alimentação e o exercício físico. Se tiver animais domésticos, os cuidados que lhes preta (bons ou maus) contribuirão também para a sua imagem social.

Regente da 6ª Casa na 11ª Casa

Quando o regente da 6ª casa está colocado na 11ª casa o nativo deve ter cuidado com o círculo de amigos pois pode haver inimigos entre estes ou amigos podem tornar-se inimigos devido a ciúmes. A relação com irmãos mais velhos pode igualmente sofrer.

Com esta posição, em que temos duas casas upachaya envolvidas , a 6ª, que significa os servos (e escravos ou que podem ser tornados tal) e a 11ª casa, que representa o aumento de rendimentos , nos nativos menos desenvolvidos em termos humanos pode haver exploração do trabalho de pessoas humildes, desfavorecidas, pobres, incluindo mulheres (prostituição por ex.,)  e crianças para benefício do nativo.

Os mais desenvolvidos espiritualmente podem envolver-se no trabalho social em organizações de defesa dos direitos e outras instituições humanitárias para defenderem ativamente processos sociais mais igualitários e de justiça social, defesa dos direitos das minorias e dos desfavorecidos, causas ambientais, luta sindical, etc.

Outras áreas em que estas pessoas podem envolver-se para obter reconhecimento social e mais rendimentos são, por ex., a defesa legal de outros, incluindo pessoas que cometem crimes (todos têm direito a defesa jurídica).

Podem envolver-se na luta política e nas lutas e crises sociais, para lutar por uma sociedade mais justa para todos, saúde acessível para todos, etc.

Estas pessoas podem ser contraditórias pois, apesar de poderem lutar pelos direitos dos que não têm ninguém que fale por eles na sociedade , não têm problema em lidar com marginais e criminosos, podendo mesmo preferir conviver com eles.

Quando o regente da 6ª casa recebe o aspeto de algum planeta benéfico, as possibilidades de haver envolvimento em causas construtivas e modos moralmente aceitáveis de aumentar os rendimentos, são aumentadas.

Em geral, o nativo procura um trabalho no qual os seus desejos e ambições mais importantes possam concretizar-se. Quando o 6º regente atua positivamente, há um desejo em contribuir para a reforma social  e o nativo procura ligar-se a pessoas que têm objetivos semelhantes para concretizar esses sonhos. Prefere também trabalhar na área social.

Gosta também de trabalhar em grandes organizações, com grandes grupos de pessoas a trabalhar para objetivos comuns. Tende  a formar laços de companheirismo com os colegas de trabalho e da organização.

Regente da 6ª Casa na 12ª Casa

O regente da 6ª casa na 12ª casa é a colocação do regente de uma casa dusthana em outra casa dusthana.  Por vezes pode surgir um efeito surpreendente pois, sendo que ambas as casas estão relacionadas com perdas, se o regente da 6ª estiver colocado na 12ª, pode, na verdade, aliviar alguns efeitos mais negativos.

Deste modo, pode proteger de dívidas e gastos excessivos, inimigos, doença. Mas estes efeitos deverão esperar-se principalmente no período dasa do planeta que rege a 6ª casa.

Por outro lado, há quem tenha algumas dúvidas de que esta posição possa dar resultados positivos, sendo necessária a experiência de cada um para atestar o que foi dito.

Costuma-se referir que esta posição indica, quando a pessoa tem um negócio com subordinados, que estes serão desonestos e causarão perdas. A saúde também sofre negativamente.

Outra área afetada é a do casamento, com conflitos e desinteresse sexual pelo cônjuge (mas não por outros parceiros).

Outro efeito desagradável refere-se a perturbações do sono. O nativo pode sofrer de insónia, sonambulismo e ter muitos pesadelos.

As viagens de longa distância podem também ser cheias de problemas e obstáculos com possibilidades de roubos e perdas.

Com esta posição, o tio materno, quando existe, tem uma vida difícil. O nativo também tende a ser conflituoso nas interações e excessivamente crítico, pelo que não lhe será fácil estabelecer parcerias amigáveis com os outros.

Pode ter sucesso a trabalhar num local confinado, como hospital, prisão, quartel, museu, asilo ou em laboratórios de investigação com pesquisa confidencial, analista de serviços e assuntos secretos , códigos usados para comunicações cifradas, etc.

O nativo pode preferir, em alguns casos, uma vida ascética e longe das atividades mundanas.

A colocação do regente da 6ª casa na 12ª casa forma um Vipareeta Raj yoga, podendo conferir riqueza, quando os regentes da 6ª e da 12ª estão bem colocados, através da perda de outros. (no período dasa do planeta que rege a 6ª casa).

No plano psicológico, esta posição indica a necessidade de passar tempo em solidão, escapando das atividades sentidas como pesadas, dos deveres quotidianos. Há necessidade de se libertar dos fardos conscientes da vida e de «escapar», de algum modo, de deixar para trás as responsabilidades e o trabalho.

O nativo pode recorrer a vários meios para se livrar do peso da sua vida diária: estupefacientes, medicamentos, excessos alimentares ou, os que têm abordagem mais positiva, fazerem algo de que gostam, como exercício físico, ter um animal de estimação.

Este  nativo trabalha sozinho , senão em termos físicos, pelo menos mentalmente.

Uma forma saudável para sair do sentimento de fardo em relação aos deveres diários, é fazer trabalho de voluntariado ou, de algum modo, ajudar outros mais fracos e desprotegidos.

A investigação de temas como o paranormal, os sonhos, pode ser gratificante e ajudar a equilibrar estes nativos que também ganham em praticar algum tipo de meditação, acreditem ou não na dimensão espiritual da vida . Podem encarar estas atividades como mais uma abordagem para uma vida mais saudável.

Lutarão para equilibrar as atividades profissionais e o desejo genuíno de prestar serviço aos outros e de ter tempo só para si próprios , separados dos outros.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment