Regente da 9ª Casa na 3ª e 4ª Casas

na cozinha em família

Neste artigo descrevemos os efeitos da colocação do regente da 9ª casa do horóscopo na 3ª e 4ª casas. Este artigo complementa um mais antigo, já publicado e contém mais informação.

Regente da 9ª casa na 3ª Casa

A colocação do regente da 9ª casa na 3ª casa traz bons resultados para os significados da 3ª casa e também para a própria casa que rege, pois fica em aspeto com essa casa.

Estando colocado na 7ª casa a partir da casa que rege, é também favorável para as parcerias, contratos e acordos, bem como para o relacionamento com parceiros de todos os tipos.

O nativo possui uma natureza fortemente volitiva e pode ter uma vocação profunda que deseja ver concretizada, sendo também movido por valores e princípios morais que revelam nobreza de caráter.

Quando tem irmãos, estes são afortunados e também beneficiam o nativo de algum modo. Os irmãos são também inteligentes e contribuem para o sucesso do nativo com a sua criatividade.

A relação com os irmãos é muito próxima e feliz e o mesmo pode suceder com as pessoas que formam equipa com o nativo, como alguns vizinhos ou primos que cooperam consigo.

Assim, o nativo beneficia quando trabalha em equipa e tem sorte a partir da colaboração que estabelece com os membros da equipa.

Porém, para dar bons resultados, o regente da 9ª casa deve estar dignificado na 3ª pois, quando isso não sucede, há dificuldade na relação com irmãos e colegas de equipa de trabalho e dificuldade em realizar os objetivos previstos.

Nessa circunstância, pode haver distanciamento afetivo em relação aos irmãos e outros membros da família devido a egoísmo .

Um dignificado regente da 9ª casa na 3ª mostra que o nativo tem um caráter virtuoso, generoso e humanista, gostando de se guiar por valores de justiça e de verdade.

Sendo a 3ª uma casa de comunicação, o nativo comunica dentro destes princípios de correção e de respeito pela verdade, o que lhe granjeia uma excelente imagem e reputação por parte do público.

A 3ª casa é também uma casa de esforço, indicando a capacidade de trabalhar arduamente e, se o regente da 9ª casa estiver bem colocado, o nativo terá sorte na realização dos objetivos e ambições que estabelecer e trabalhará para ver bons frutos.

Por causa da relação de 7ª casa com a casa que rege, esta posição favorece o empreendedorismo, a área dos negócios em parceria, as carreiras que mantém uma relação com o público, incluindo o comércio, etc.

A atividade de escrita e/ou publicação é também uma fonte de rendimento muito provável com esta posição. E, sendo a 3ª uma casa de crescimento, os negócios e a atividade a que o nativo se dedica podem ir crescendo ao longo do tempo, aumentando a riqueza e prosperidade.

Boa parte deste sucesso deve-se também ao facto de o nativo estar motivado para vencer, quando o regente da 9ª casa está dignificado. Se, pelo contrário estiver fraco, falta-lhe estamina e coragem para se lançar em novos empreendimentos.

A 9ª casa é uma cada de fé e, por isso, a sua colocação na 3ª, dá ao nativo uma natureza otimista e a crença de que as coisas correrão pelo melhor, faça o que fizer, desde que o regente da 9ª esteja bem colocado.

O regente da 9ª casa na 3ª indica também muitas viagens, tanto de curta como de longa duração, seja para fins de estudo, negócios ou simplesmente para abrir novos horizontes e conhecer novas pessoas, outras culturas, etc.

O regente da 9ª casa também significa o pai pelo que a sua colocação na 3ª casa indica um pai que é excelente comunicador, pode ser escritor ou estar ligado á atividade da comunicação.

O pai é geralmente um modelo ou «professor» para estas pessoas, sendo também uma pessoa movida pelos valores de honestidade e trabalho árduo.

Quando se dedicam á comunicação ou á escrita, estes nativos escrevem sobre temas culturais, religiosos, viagens. Podem viajar frequentemente para recolher dados e informação para a sua escrita.

O estudo de sistemas filosóficos e /ou religiosos é também uma fonte de inspiração para a sua atividade, bem como para o seu modo de pensar e de comunicar. Quando se dedicam ao ensino, podem ensinar temas espirituais, cultura ou religião ou ainda línguas estrangeiras.

A relação com irmãos, vizinhos, colegas e colaboradores de trabalho ajuda estes nativos a expandir os seus horizontes e crenças e traz geralmente boas oportunidades acompanhadas de sorte.

Regente da 9º casa na 4ª casa

Quando o regente da 9ª casa está colocado na 4ª casa, favorece, se dignificado e sem aflições, um processo de transformação profunda da identidade pessoal (a 4ª casa é a 8ª a partir da 9ª).

O nativo segue um caminho de desenvolvimento pessoal ligado a valores espirituais elevados. Tem também acesso a muitos confortos no lar e felicidade na vida familiar.

Em geral, estas pessoas têm uma infância feliz, numa casa com todos os confortos, e têm acesso a muitos bens que são propriedade da família, incluindo carros.

Mas, quando o regente da 9ª casa está colocado na 4ª não dignificado ou aflito, o nativo não tem acesso aos confortos e luxos da vida familiar nem a bom ambiente na família. Terá assim de experienciar essa privação, antes de poder contar com esses confortos, após a superação de diversos obstáculos.

Devido à relação de 8 casas com a casa que rege, o regente da 9ª casa nesta colocação também indica pessoas ciumentas e inimigos secretos que podem atormentar o nativo.

Mas, quando o regente da 9ª casa está bem colocado, o nativo pode ganhar riqueza e muitos bens, incluindo de natureza imobiliária, de forma inesperada, como loteria, herança, indemnização de seguros etc.

Pode igualmente obter ganhos a partir de processo litigiosos, investimentos, a partir da descoberta de riqueza escondida, etc. e tais ganhos proporcionam muitas oportunidades de se sentir feliz.

Porém, quando não dignificado ou quando está aflito nesta posição, o regente da 9ª pode indicar perdas súbitas devido a roubo, perda de processos litigiosos,   catástrofes naturais ou inimigos que tentam apropriar-se do que lhe pertence.

Pode igualmente sofrer perdas financeiras a partir da desvalorização financeira de produtos adquiridos, em especial imobiliário, terras e veículos.

Inimigos que não desaparecem podem afetar também a sua felicidade subjetiva, colocando processos em tribunal contra o nativo.

Pelo lado positivo, o nativo pode passar por processos súbitos de transformação pessoal que mudam para melhor a sua identidade pessoal.  Por cada situação catastrófica súbita por que passa, este nativo renova a sua identidade e padrões mentais, pelo que, mesmo as experiências difíceis por que passa, contribuem para o seu desenvolvimento espiritual.

Todos os processos de transformação, tanto os que implicam perdas materiais como os que resultam de ganhos súbitos de riqueza dão o seu contributo para o crescimento espiritual do nativo vistos como oportunidades que a vida lhe dá para crescer e se renovar.

O nativo torna-se naturalmente inclinado para fazer boas ações, tanto porque se sente grato com o que a vida lhe oferece de bom, como por saber como é difícil sofrer perdas de várias naturezas. E compreende como todas fazem parte do mesmo processo de dar e receber que é a vida partilhada por todos os seres.

Estes nativos sentem especial prazer em viajar para países distantes, fazendo-o para abrirem os horizontes e encontrarem novas fontes de inspiração para a sua vida. Tais viagens alimentam o seu desejo de transcendência e de espiritualidade e permitem-lhes sentir-se renovados.

Também gostam de estudar culturas e sistemas de pensamento e espiritualidade de outros povos e culturas.

A mãe do nativo é afortunada e tem uma natureza espiritual ou filosófica. Ambos os pais são unidos e têm princípios em comum.

Segundo  os antigos, o nativo com esta posição é próximo da mãe. O pai é igualmente uma pessoa de princípios e pode ser bastante religioso ou espiritual.  Mas, quando o regente da 9ª casa está colocado na 4ª não dignificado, pode indicar que o pai enfrentará obstáculos e lutas nos seus empreendimentos.

O nativo terá uma vida doméstica feliz e também reservada, não gostando de dar a conhecer o que se passa no lar fora do mesmo.

O nativo pode ser bastante influenciado, no seu desenvolvimento pessoal, por valores culturais estrangeiros, filosóficos e religiosos/espirituais.

Os que se dedicam à escrita e publicação podem ter por referência os costumes locais da comunidade em que vivem, as suas características culturais específicas. Podem gostar de escrever sobre temas relacionados com o lar, jardinagem, segurança, educação, crianças, etc.

Durante a sua educação, o nativo tem acesso a um ambiente espiritual, religioso ou ideológico que marca a sua estrutura mental nos primeiros anos de vida.

Também Poderá Gostar de Ler

Leave a Comment