Efeitos dos Aspetos dos Planetas

asp
Ao analisar o horóscopo temos em conta que os planetas interagem entre si  e  influenciam -se mutuamente, de acordo com as regras gerais já enunciadas  e segundo a sua natureza funcional. Isto significa que temos que saber  qual é, para cada Ascendente, a natureza funcional dos planetas. Essa influência pode ser positiva ou negativa  e isso determina-se, antes de mais, pela natureza funcional dos planetas. É claro que também convém ter em conta o caráter benéfico natural ou maléfico natural dos planetas, pois um planeta maléfico natural, mesmo sendo funcionalmente benéfico, tende a produzir também algum mal, enquanto que um planeta benéfico natural, mesmo quando é  funcionalmente maléfico, tende a produzir algum bem. No entanto, a natureza funcional do planeta prevalece sempre , na  elaboração das previsões.
Os aspetos dos planetas, como tivemos já oportunidade de explicar, têm, na Astrologia Jyotish, uma relação direta com a distância, por número de casas, entre o planeta que estamos a considerar e o outro planeta ou casa do horóscopo. No entanto,  consideramos ainda que, para além dessa regra,  os aspetos que ocorrem dentro da orbe de 5º são efetivamente os mais poderosos e capazes de despoletar eventos significativos na nossa vida. E, a este respeito, a conjunção é o aspeto mais poderoso entre planetas: ela diz-se exata quando  dois planetas se encontram a menos de um grau de distância um do outro; diz-se próxima quando se encontram distantes  dentro de uma orbe de 5º. Quando, no horóscopo, dois planetas se encontram  em conjunção exata, os seus efeitos far-se-ão sentir como uma influência duradoura na vida da pessoa; porém, quando se encontram  em aspeto amplo, isto é, na mesma casa, mas separados por mais de 5º, produzirão efeitos apenas na última parte da vida, provavelmente após os 60 anos de idade.
Agora, qual o impacto dos aspetos dos planetas? A Astrologia Jyotish considera  uma quantidade enorme de possíveis configurações entre planetas, que se chamam yogas  e que  são assinaturas que definem as promessas natais de um horóscopo. Porém, estas assinaturas, só por si, são insuficientes para garantir previsões corretas sobre os efeitos dos planetas. E isto pela razão simples de que tais assinaturas presentes no horóscopo de nascimento, podem nunca ter ocasião de se desenvolver no tempo  e produzir os efeitos esperados. A razão para isso é que, em primeiro lugar, é  preciso determinar a força dos planetas envolvidos nesses yogas ou assinaturas específicas do horóscopo. Se, por exemplo, encontrarmos o regente da 2ª casa e o regente da 11ª casa em conjunção exata numa determinada casa, consideramos que eles formam um dhana yoga que é uma assinatura de riqueza. Mas, imaginemos que eles se encontram colocados numa casa maléfica ou que estão aflitos porque recebem o aspeto de um ou de mais planetas funcionais maléficos; ou que os seus signos mooltrikona estão aflitos pela presença de um planeta maléfico funcional ou porque recebem, no ponto mais efetivo da casa que ocupam, um aspeto de um planeta maléfico funcional poderoso. Nestes casos esses planetas, apesar de formarem uma assinatura muito auspiciosa de riqueza, são demasiado fracos para produzir os efeitos esperados.
Não significa que não permitam obter alguns ganhos, mas serão sem dúvida  insignificantes relativamente ao que se poderia esperar deste yoga. Deste modo , é bom  ter em mente que os planetas, ao interagirem e produzirem aspetos mútuos, causam efeitos de acordo com a sua força e o simples facto de formarem um yoga só por si não garante que este produzirá efeitos importantes na sua vida . Um planeta forte produz efeitos visíveis e significativos; um planeta fraco produz efeitos insignificantes e limitados.  E a influência próxima de um planeta maléfico funcional sobre uma casa ou outro planeta causa sempre prejuízo aos significados do planeta e/ou da casa afetados; pelo contrário, um planeta benéfico funcional ajuda sempre  o planeta ou casa que recebem o seu aspeto, fortalecendo os seus resultados.
Entretanto, há uma exceção a ter em conta: um planeta maléfico funcional nunca  causa danos ao seu próprio signo Moltrikona, quando está em aspeto com ele.
Continuaremos a desenvolver este assunto .

Os Significados Gerais e Particulares dos Planetas- Um exemplo

mer
Em artigos anteriores publicámos os significados gerais dos planetas. Estes significados são conhecidos como «karakas» e não têm em conta a regência das casas do horóscopo, sendo por isso válidos para todos os horóscopos. Mas, para além desses significados os planetas adquirem outros, mais específicos, relacionados com as casas que regem num horóscopo determinado. E,entre estes significados específicos que temos que ter em conta para interpretar um determinado horóscopo, devemos incluir: os significados relacionados com a casa onde «cai» o signo mooltrikona do planeta, os significados da casa onde o planeta está colocado no horóscopo , os aspetos que o planeta recebe e lança para outros planetas/casas e, quando estamos a fazer previsões de eventos, também a casa onde o planeta está situado por trânsito. Ou seja, os significados particulares dos planetas podem ser estudados em dois tipos de análise do horóscopo: a análise estática, isto é, das «promessas natais» em geral- e consideramos para este efeito os significados da casa onde se encontra o signo mooltrikona do planeta e a casa onde ele está colocado no horóscopo; e a análise dinâmica, ou seja, aquela que nos permite fazer previsões , analisando os momentos temporais da vida do nativo em que as promessas natais poderão cumprir-se. E, para este último efeito, consideramos todos os elementos referidos para os significados particulares.
Assim, tomemos como exemplo o horóscopo da atriz Meryl Streep. O Sol , entre outros indicadores gerais, significa o self, a autorealização do nativo, o seu nome e fama ou reputação, a autoridade, o status e o poder, a vitalidade física, etc. Ora,no horóscopo desta atriz, o Sol rege a 2ª casa, ocupada pelo seu signo Mooltrikona e, deste modo, compreendemos que a realização pessoal,a fama,o status etc., é fruto do esforço pessoal e do talento desta pessoa, dos dons que ela trouxe para este mundo e que desenvolveu através do seu esforço. A 2ª casa é uma casa de acumulação de riqueza e de ganho de estatuto, de desenvolvimento de competências e de recursos pelo trabalho. E é também indicadora da família de origem. Neste caso, tendo o signo Leão a ocupá-la, indica um ambiente familiar em que a autoridade foi uma referência fundamental, mas acompanhado de um bom ambiente afetivo, em que a criatividade e o amor pela arte foi estimulado como parte da educação. Como o Sol é indicador do self, esta pessoa identifica-se profundamente com a sua família e com o legado familiar, que respeita e que  se mantém como referência na sua vida. O Sol é também um indicador da criatividade pelo que, muitas vezes, estas pessoas seguem uma carreira  no campo das artes ou em alguma área onde se tornam numa autoridade ou referência para os outros. Porém, o Sol está colocado  na 12ª casa, uma casa de solidão e de confinamento ou isolamento dos outros e isso significa que, para esta pessoa, é difícil expor-se a si mesma sem qualquer véu pois, tipicamente, a colocação do Sol ou da Lua na 12ª casa causa a necessidade de resguardo em relação aos olhares do público.
 Mas  a Lua, que significa, em termos gerais e  entre outras coisas , a popularidade e a relação com o público ,rege o Ascendente, e é por isso responsável por uma parte muito importante do tipo de destino que a pessoa realizará  em concreto na existência . Vemos que  está colocada na 10ª casa, uma casa de relação com o público numa  vasta escala e, assim, esta pessoa teve que encontrar uma forma que permitisse  canalizar a sua energia criativa para uma expressão pública que, ao mesmo tempo que a tornaria popular, também protegeria a sua identidade pessoal;  uma forma em que ela se expõe  mas de forma indireta, dando vida a personagens fictícias que  encarna no grande écran. Pode assim manter uma relação contínua de exposição ao público, necessária para concretizar o seu desejo de fama individual e de popularidade, mas mantendo-se simultaneamente escondida dos olhares do público: este aclama a atriz Meryl Streep e não a cidadã Mary Louise Streep.
Adicionalmente, e porque a linguagem da Astrologia é simbólica, podendo ter vários níveis diferentes de leitura, podemos também inferir que a mãe de Meryl, representada pela Lua no signo de Carneiro na 10ª casa, é uma pessoa independente, empreendedora e também ela com uma carreira bem definida e visível para o público,com uma reputação ganha por mérito próprio.
Olhando para o planeta Mercúrio, que tem  como significados gerais a capacidade de pensar de forma analítica e disciminativa, o poder o discurso e da comunicação, verificamos que ele rege a 3ª casa, ocupada pelo seu signo mooltrikona, Virgem. Ora, a 3ª casa é uma casa de iniciativa, de coragem, de expressão criativa através do uso do discurso, da escrita, da comunicação. É também uma casa de motivação e de desejo, de ambição pessoal. Indica por isso que os desejos e ambições desta pessoa estão relacionados com o uso de talentos criativos (3ª casa) em que o uso do discurso (Mercúrio e 2ª casa) são muito importantes. Mercúrio está colocado na 11ª casa da realização dos desejos e dos ganhos, em conjunto com Marte, regente da 10ª casa da projeção pública e do reconhecimento, fama , status, etc. A 11ª casa é também, a casa dos amigos e do círculo social da pessoa pelo que podemos inferir que a realização das ambições pessoais da atriz está fortemente ligada à criação de laços de amizade, havendo uma ligação entre a vida profissional e a vida pessoal, o que não é de estranhar ,atendendo a que o Ascendente Caranguejo produz a necessidade de a pessoa se rodear de amigos para se sentir realizada e feliz.
E poderíamos continuar a analisar cada planeta, articulando significados gerais e significados particulares. O estudante de Astrologia precisa de praticar este tipo de análise através do estudo de muitos exemplos, para aprimorar a sua capacidade de análise global do horóscopo. Porém, deve ter em conta que cada planeta pode ter muitos significados diferentes, pelo que deve iniciar a análise sabendo o que está a procurar, isto é, escolhendo os significados gerais e particulares do planeta que estão relacionados com a área de vida ou com os aspetos específicos que ele quer saber: Se, por ex., estou a tentar perceber quais as melhores hipóteses de carreira para uma pessoa, procuro, entre os significados dos planetas que estão associados em geral com esta área- O Sol, Júpiter e Mercúrio- aqueles que se ligam a esta área e deixo os restantes em plano secundário; faço o mesmo para os significadores particulares, como os regentes da 2ª e da 10ª casas, etc.
E agora sugerimos que você, Caro(a)  Leitor(a) use o exemplo que lhe deixamos  para tentar descodificar os significados gerais e específicos dos planetas na sua carta astrológica. Não se preocupe , inicialmente sentirá dificuldade em organizar toda esta informação mas, à medida que for treinando e for analisando muitos exemplos, esta tarefa torna-se mais fácil e intuitiva. E, sobretudo, não se esqueça de que o astrólogo não tem nenhuma varinha de condão. Para analisar o horóscopo de alguém, procure informar-se junto da pessoa de todos os elementos relevantes que  o (a) ajudem a recolher a informação pertinente no horóscopo. Nós continuaremos a dar-lhe exemplos que ajudem a sua proficiência.

Fatores Determinantes da Fraqueza dos Planetas no Horóscopo

frac

Determinar a força e a fraqueza dos planetas é fundamental para podermos prever eventos em Astrologia. Prevemos os eventos  através da análise conjunta dos períodos (dasha) e subperíodos planetários e dos trânsitos. Para poder produzir efeitos positivos, um planeta tem que ter pelo menos 60% de força.

 São vários os fatores que provocam a fraqueza dos planetas no horóscopo. Quando um planeta é fraco, tanto os seus significados gerais como os que estão associados ao seu signo Mooltrikona e às casas que rege são prejudicados.  Os efeitos dos planetas  faz-se  notar especificamente durante os seus  períodos e subperíodos e durante os trânsitos e, nesses momentos, um planeta fraco não é capaz de produzir bons resultados relativamente aos aspetos e áreas de vida que significa.

 Tradicionalmente a Astrologia Jyotish considera que os planetas fracos podem ser fortalecidos através do uso da Gemoterapia , da terapia da cor ou de outras formas enraizadas na Religião e na Filosofia Védicas. Ou então, através de uma vida orientada por princípios de aperfeiçoamento moral individual.

 Na nossa modesta opinião, o uso de gemas, com determinada frequência vibratória, ou o uso da cor, ou dos «mantras» encomendados a «homens santos», por si sós são insuficientes para alterar a força global do horóscopo individual. Acreditamos essencialmente que a única forma de melhorar significativamente o nosso destino é através do esforço autêntico e sincero para sermos melhores hoje e no futuro do que fomos em todas as fases anteriores da nossa vida. É esse esforço para o aprimoramento contínuo pessoal que pode mudar a frequência vibratória de todas as nossas energias e levar-nos para um «destino» melhor. O nosso futuro é a consequência direta das nossas escolhas e acções. A Astrologia apenas nos mostra as consequências, na vida presente, das nossas escolhas e acções passadas. E dá-nos pistas para mudar as tendências   menos positivas que podemos enfrentar no futuro.

 Fatores que determinam a Fraqueza dos Planetas

Condição Observada
Resultado da Perda de Força
O ponto mais efectivo do seu signo Mooltrikona está em aspeto/conjunção com um planeta funcional maléfico numa orbe de 1º
75%-  tem apenas 25 % de Força
A casa onde está colocado está aflita no ponto mais efectivo por um planeta funcional maléfico numa orbe de 1º:
        a)O planeta é forte e a casa não tem signo mooltrikona;
b)      O planeta é fraco
a)      50%- perde 50% de força
b)      75%- tem apenas 25% de força.
Está em conjunção ou aspeto com um planeta funcional maléfico numa orbe de 1º
50%- perde 50% de força.
Está combusto devido à proximidade do Sol: a) o sol é um planeta funcional benéfico
b) o sol   é um planeta funcional maléfico
a) perde 50% de força (apenas durante os trânsitos)
b) 75%- tem apenas 25% de força
Está colocado numa casa maléfica a partir do Ascendente (6ª, 8ª, 12ª) exceto se for o seu signo Mooltrikona
50%- Tem  apenas 50% de força
Está debilitado
50%- Perde 50% de força
Está no estado (Avastha) de infância/velhice
Está debilitado na Navamsa
25%- Tem 75% de força
Está colocado no signo Mooltrikona de um planeta fraco
Não pode ter força superior à do planeta dispositor (regente do signo onde está colocado)
Está debilitado na Rasi e na Navamsa
75%- tem apenas 25% de força
Debilitado e colocado em casa maléfica
60%- tem apenas 40% de força

Agora que já dispõe de elementos que lhe permitem analisar a força e a fraqueza dos planetas  de forma quantitativa, sugerimos que faça um exercício prático de análise, aplicando estes critérios ao seu horóscopo. Anote os elementos que estabelecem a força e a fraqueza de cada planeta tendo em conta os parâmetros fornecidos. E pratique repetindo essa análise com outros horóscopos. Nesta altura, a prática da aplicação é um elemento essencial para adquirir facilidade na interpretação.

Fatores Determinantes da Força dos Planetas no Horóscopo

for

Determinar a força e a fraqueza dos planetas é um aspeto essencial para definir os efeitos dos planetas no horóscopo e efetuar previsões rigorosas dos eventos. Um planeta tem que ter um mínimo de força para ser capaz de proteger os seus significados gerais e específicos. Já lhe demos conta dos significados gerais dos planetas em artigos anteriores. Para definir os significados específicos dos planetas, temos que ter em conta a regência das casas ocupadas por signos Mooltrikona no horóscopo e quais os aspetos que os planetas enviam e recebem de outros planetas.

Um planeta funcionalmente maléfico deverá estar sozinho e não enviar nem receber aspetos para que os seus efeitos sejam menos danosos. Nessa circunstância, se for forte, produz resultados relacionados com os seus significados, embora durante o seu período principal e durante os seus subperíodos e trânsitos dê resultados negativos. Quando o ponto mais efetivo de uma casa do horóscopo ou outro planeta recebe um aspeto de um planeta funcional maléfico na carta astrológica de nascimento ou por trânsito, produz resultados negativos relacionados com os significados do planeta e com os significados das casas que rege no horóscopo.

Por outro lado, quando um planeta fraco recebe um aspeto de um planeta funcional benéfico aumenta a sua força e é capaz de produzir pelo menos alguns resultados positivos.

 Fatores que Favorecem a Força de um Planeta

 Os planetas consideram-se fortes quando:

a) ocupam uma longitude em cada signo entre 5º e 25º ,

b) quando ocupam o seu próprio Navamsa,

c) quando recebem a influência de planetas que são funcionalmente benéficos,

d) quando ocupam o seu signo de exaltação, Mooltrikona ou o próprio signo,

e) quando estão em conjunção ou em aspeto próximo (dentro da orbe de 5º), com o ponto mais efetivo de uma casa,

f) quando estão colocados na 2ª, 3ª ou 9ª casa,

g) quando estão colocados no signo de Leão,

h) Quando, sendo regentes da 2ª casa, estão colocados no signo de Leão,

i) Quando o sol está colocado na 2ª, 3ª, 9ª casa, ganha força adicional de 25% se não afligir a casa. Para obter essa força, o Sol ou é funcional benéfico ou, sendo funcional maléfico ,não lança aspeto para o ponto mais efetivo da casa,

j) Quando são fortes no horóscopo de nascimento e nas cartas divisionais (Força Vimsopack).

Um planeta é considerado forte quando tem pelo menos 70 % de força.

Para produzir resultados significativos, um planeta tem que ter pelo menos 60% de força. A colocação de um planeta num signo é o primeiro fator para quantificar a força do planeta, considerando o grau do signo ocupado pelo planeta. Na Astrologia Jyotish esta determinação faz-se através dos estados ou «Avasthas» do planeta:

InfânciaVelhice
GrauPoder do planetaGrauPoder do planeta
0%30º0%
20%29º20%
40%28º40%
60%27º60%
80%26º80%
10%25º100%

Assim, pela tabela podemos concluir que os primeiros 5º e os últimos 5º de cada signo fazem perder força aos planetas. Metaforicamente, os textos clássicos referem-se aos primeiros 5º de um signo como o «estado de infância» de um planeta e aos últimos 5 º de um signo como o «estado de velhice» do planeta, para simbolizar o seu estado de fraqueza.

A regra geral é a de que, um planeta que não está no estado de infância nem de velhice, não está aflito nem fraco pelos motivos que indicaremos , é um planeta forte.

Seguindo a abordagem do investigador e Astrólogo védico V. K. Choudhry, podemos quantificar a força dos planetas:

Condição observadaForça do planeta
Colocação no signo de Leão+ 25 %
Sol na 2ª,3ª, 9ª sem afligir a casa+ 25%
Sol em Leão, não aflito, em casa benéfica, bom avastha, não debilitado na Navamsa, signo mooltrikona não aflito, não combusto100%
Em conjunção exata (orbe de 1º) com planeta funcional benéfico+50%  (a força adicional não existe se a orbe for entre 2º e 5º)
Em conjunção exata ou aspeto com planeta funcional benéfico fraco+12.5%
Colocação no signo de exaltação, mooltrikona, próprio signo, não aflito, não debilitado na Navamsa e bom Avastha, signo mooltrikona não aflito, não combusto, em casa benéfica100%
Influencia o ponto mais efectivo de uma casa por conjunção exataForça adicional secundária
Colocado na 2ª, 3ª ou 9ª casaForça adicional secundária
Colocado no próprio NavamsaForça adicional secundária
Forte na carta Natal e nas Vargas (vimsopack) e, adicionalmente, forte na Shadbala e AshtakavargaForça adicional secundária

No próximo artigo apresentaremos as razões que levam à perda de força pelos planetas.

Relações Naturais e Aspetos Entre os Planetas

astr

 Relações Naturais entre os Planetas

Planeta
Amigo
Inimigo
Neutro
Sol
Lua, Júpiter, Marte,
Saturno, Vénus, Rahu, Ketu
Mercúrio
Lua
Sol, Mercúrio
Rahu, Ketu
Vénus, Júpiter, Marte, Saturno
Marte
Sol, Lua, Júpiter, Ketu
Mercúrio, Rahu
Vénus, Saturno
Mercúrio
Sol, Vénus
Lua
Marte, Júpiter, Saturno, Rahu, Ketu
Júpiter
Sol, Lua, Marte, Rahu
Mercúrio, Vénus
Saturno
Vénus
Mercúrio, Saturno, Rahu, Ketu
Sol, Lua
Marte, Júpiter
Saturno
Vénus, Mercúrio, Rahu
Sol, Lua, Marte, Ketu
Júpiter
Rahu
Vénus, Saturno
Sol, Lua, Marte, Ketu
Mercúrio, Júpiter
Ketu
Marte, Vénus
Sol, Lua, Saturno, Rahu
Mercúrio , Júpiter
Note que as relações entre os planetas não são sempre recíprocas: por ex., pode ver-se que Mercúrio está entre os planetas amigos da Lua no entanto, a Lua é inimiga de Mercúrio; ou Júpiter, que é neutro em relação à Lua enquanto que a Lua é amiga de Júpiter. Estes aspetos devem ser tidos em conta na análise dos aspetos entre os planetas.
Quanto aos efeitos dos planetas, quando estão em signo amigo, inimigo ou neutro ( de acordo com a regência  dos signos pelos planetas), estes relacionamentos mostram a maior facilidade ou dificuldade dos planetas para produzir resultados. Porém, o facto de um planeta estar num signo inimigo não o impede de produzir esses resultados se, de outro modo, estiver forte no horóscopo e for funcionalmente benéfico. Deste modo, o critério mais decisivo para produzir bons ou maus resultados, é a natureza funcional benéfica ou maléfica dos planetas. 
Aspetos entre os Planetas
Planeta
Aspetos Maiores
Sol, Lua, Mercúrio, Vénus
————
————–
Marte
Júpiter, Rahu, Ketu
Saturno
10ª
Como comentário à tabela dos aspetos, referimos algumas ideias básicas: a primeira é que todos os planetas lançam aspeto para a 7ª casa a partir de si próprios. Esta é a ideia geral da Astrologia Jyotish clássica. Porém, seguindo a abordagem do investigador e astrólogo V. K. Choudhry, consideramos que esses aspetos são verdadeiramente efetivos quando os planetas estão  numa longitude que abrange uma orbe entre 0º e 5º do ponto mais efetivo da casa- este ponto acha-se vendo qual é o grau do Ascendente. Se este está, por ex., a 5º de Sagitário, então, em todas as outras casas do horóscopo, 5º é o ponto mais efetivo dessas casas.
Este princípio  também é válido  para os aspetos entre os planetas: Se a Lua está a 19 º de Leão e  Saturno está a 15º de Aquário, considera-se que estão em aspeto porque: a) estão separados por 7 casas do horóscopo; b) estão a uma distância longitudinal de 4º , portanto numa orbe que é considerada um aspeto quase exato. Se, pelo contrário, Saturno estiver colocado em 8º de Aquário, os planetas estão separados por 7 casas mas, na verdade, não estão em aspeto, pois a diferença de longitude entre ambos é superior a 5º. Isto não significa que não existe alguma influência entre ambos mas não é suficientemente significativa para se materializar em efeitos concretos. Os aspetos mais fortes são os que se referem à conjunção- quando os planetas estão ou no mesmo signo ou quando um deles está no final de um signo e o outro no início do signo seguinte, numa orbe de 0º a 5º- e os aspetos de 7ª casa, para todos os planetas, e para os aspetos especiais de Saturno, Júpiter, Marte, Rahu e Ketu.
Marte lança aspeto para a 4ª casa a partir de si próprio, para a 7ª e para a 8ª; Saturno lança aspeto para a 3ª casa, para a 7ª casa e para a 10ª casa a partir de si próprio; Júpiter, Rahu e Ketu aspetam, além da 7ª casa, a 5ª e a 9ª casas a partir de si próprios.
E, porque já temos mais alguns elementos para acrescentar à nossa recolha de informação para a análise do horóscopo, voltamos a publicar a tabela  com os novos elementos .


Planeta colocado em
Sol
Lua
Marte
Mercúrio
Júpiter
Vénus
Saturno
Signo de exaltação
Signo que Rege
Signo Mooltrikona
Signo de debilitação
Conjunto /em aspeto com  o
Ponto mais efetivo da casa
Colocado numa casa maléfica: 6ª,8ª, 12ª
Combusto
Em aspeto com
Em Vargottama
Em Signo Amigo
Em Signo Neutro
Em signo Inimigo
Preencha a tabela com todos os elementos já disponíveis. Continuaremos a acrescentar elementos para a análise, fornecendo os outros parâmetros para determinar a força dos planetas de forma ainda mais precisa.

Tabela de Análise da Relação dos Planetas com os Signos e as Casas do Horóscopo

compu

Agora que  dispomos dos significados gerais dos planetas, está na altura de você começar a recolher e a organizar a informação, usando os conhecimentos que lhe disponibilizámos nos artigos anteriores. Apesar de ser natural que sinta alguma hesitação ao abordar pela primeira vez o estudo da Astrologia, o importante é que se vá  habituando ao método de estudo. Para tal, e a partir da informação que lhe ensinámos a recolher, use a tabela a seguir para se ir familiarizando com os procedimentos da análise. Observe a  sua carta astrológica e preencha a tabela de acordo com o que se pede na coluna da esquerda. Se tiver dúvidas, consulte os artigos já  publicados para refrescar a memória.

No próximo artigo  vamos falar dos aspetos dos planetas e das interações que formam entre si para acrescentar mais alguns elementos à nossa análise.

Nome :

Data/hora/local de Nascimento:

Planeta colocado emSolLuaMarteMercúrioJúpiterVénusSaturno
Signo de exaltação
Próprio Signo
Signo Mooltrikona
Signo de debilitação
Conjunto /em aspeto com  oPonto mais efetivo da casa*
Colocado numa casa maléfica: 6ª,8ª, 12ª
 Combusto
Em aspeto com o planeta
 Em Vargottama**

* Refere-se ao grau de colocação do signo Ascendente.

** Quando ocupa o mesmo signo no horóscopo natal e na varga Navamsa

Os significados Gerais dos Planetas- Saturno , Rahu e Ketu

bns

 Significados Gerais de Saturno

Saturno simboliza tanto o administrador governamental como o líder das classes baixas e o servo, o trabalhador operário, o trabalho doméstico e na agricultura, nas minas e, em geral, todos os trabalhos pesados.  Saturno é também o velho  e, por analogia, significa a longevidade, a morte, as doenças, a miséria e as calamidades, a pobreza, a servidão. É também um símbolo do karma e, por associação, significa os pecados, os sacrifícios, o aprisionamento, a escravidão. Também significa o cair das alturas (em sentido literal e figurado), o trabalho árduo, a agricultura, os minerais, a lei, a madeira, a viagem para o estrangeiro para aí residir, as dívidas, os grãos pretos, a deformidade, a renúncia.
Saturno está associado às relações com o trabalho, aos trabalhos de rotina , à engenharia, às pedras ou materiais de madeira. Rege a cor azul marinho, o preto e as cores castanhas brilhantes, o ferro e o aço, o chumbo, a safira azul, os lugares sujos, as favelas e as sarjetas, os esgotos , as lixeiras, os lugares subterrâneos, as caves, os sótãos, as minas, as sepulturas, os lugares inacessíveis,as  prisões, os retiros, os lugares abandonados ou negligenciados, os cemitérios, as casas abandonadas e as ruínas.
Saturno é o significador geral da longevidade, dos obstáculos, das humilhações e das privações, das quedas de posição social ou profissional . Significa também más ações, pobreza, dívidas, desgostos e tristezas, ambição, figuras de autoridade, a estrutura e a forma dos edifícios e, em geral ,das coisas materiais, carvão, negação e atraso; simboliza os mais velhos, a terra e a propriedade, a  liderança, as restrições,o  roubo e os ladrões,os  subordinados, os trabalhadores da construção, a indústria de baixa tecnologia,a  produção em massa, os ascetas, o homem do lixo, o monge, os produtos de pele,as perdas,o  destino,a contração, limitação e separação,a  solidão, tudo o que é feio e disforme, o crime.
No corpo, Saturno representa o tecido nervoso, os músculos e as articulações, os dentes ,os joelhos, o queixo, o baço, a parte da  perna entre o tornozelo e o joelho,a bexiga, o muco  e o sistema secretor, os ossos.  Quando Saturno está fraco produz doenças constantes e dolorosas, de caráter crónico e degenerativo, fratura das pernas, doenças endócrinas e da pele, artrite, reumatismo e gota, raquitismo, deformidades físicas, desordens nervosas, baixa temperatura corporal, torpor, senilidade e importância nos homens, dores, asma, etc. Psicologicamente, quando está fraco produz inibição e isolamento, depressão, ansiedade, rigidez, avareza, melancolia, temperamento desconfiado, solidão, inclinação para impaciência,para a crueldade, egoísmo, coração duro, atitude ríspida. A natureza  melancólica inclina para a preguiça e para a indolência.
Fisicamente, a  influência de Saturno produz um corpo alto e magro, emaciado, olhos castanhos encovados, veias proeminentes, dentes salientes, rugas, rosto e mãos alongados, cabelo abundante e áspero.
Quando está forte no horóscopo, Saturno significa a perfeição e as qualidades humanas mais elevadas, a espiritualidade, o desapego, a interiorização, a consciência do dever, a fiabilidade,a  honestidade, humildade e sinceridade. Simboliza também a disciplina e a estabilidade, a responsabilidade , o conservadorismo e o sentido prático, o realismo e a capacidade para atender aos pormenores, a sobriedade, a constância e a consistência nas atitudes e no modo de vida. É um símbolo da autoridade no sentido positivo e da durabilidade.
Na carreira e na profissão, Saturno simboliza as profissões mortuárias, os agricultores, os jardineiros, os que trabalham com metais e minérios, os trabalhadores fabris na área do aço, da madeira, do carvão, dos produtos de couro (produção de malas e de  sapatos, etc), os construtores civis,os  engenheiros,os agentes imobiliários,os cientistas,os investigadores,os trabalhadores da pedra e da madeira, os serventes e os trabalhadores de trabalhos pesados,os administradores governamentais, a carpintaria,o trabalho doméstico, metalúrgico, a construção de casas, todos os trabalhos de responsabilidade,os ascetas e monges, os ladrões e aldrabões.
Se desejar aprofundar a sua  compreensão de Saturno , pode fazê-lo lendo dois artigos que escrevemos:
Significados Gerais de Rahu e Ketu
Rahu e Ketu não são planetas reais, uma vez que são pontos de interseção nas órbitas do Sol e da Lua. São por isso considerados os «planetas sombra»  e há alguma polémica por exemplo quanto a saber se eles lançam aspetos para outros planetas ou casas. Porém, a sua influência como significadores do karma no horóscopo é de tal maneira importante,que é indispensável conhecer claramente os seus significados gerais.
Uma das características dos nodos é o facto de assumirem as características dos planetas com os quais se encontram conjuntos (quando isso acontece).
Rahu– Rahu é personificado como um enganador, um manipulador e um diplomata. Onde se encontra colocado indica uma área de desejos desmedidos, de ambição sem limites. Se estiver forte, indica empregos diplomáticos que implicam a manipulação dos factos, manuseamento de substâncias tóxicas ou venenos e drogas; significa os políticos, os manipuladores e os que buscam todos os prazeres sem preocupação com a moral,os atos insinceros e imorais,o comércio especulativo,os capitais de mercado, etc.  Quando influencia planetas fracos produz um crescimento maligno, fracassos financeiros e, no corpo, produz doenças dos intestinos, febres, úlceras, problemas de pele, pressão arterial elevada, etc.  Quando influencia o Ascendente  pode indicar aparência desagradável , maus cheiros, corpo e unhas pouco limpos.
Rahu está associado ao desejo de poder e de riqueza material .Quando está forte no horóscopo pode permitir o usufruto de muitos bens materiais. Porém, quase sempre esse usufruto é temporário, pois Rahu também simboliza as ilusões e, consequentemente, traz muitas vezes a perda  de tudo o que dá.
Ketu-  Simboliza o desejo de salvação e é personificado como um santo, inclinando a pessoa para uma abordagem espiritual da vida . Quando, porém ,aflige outros planetas ou casas produz contrariedades súbitas na vida, ferimentos, inflamações e febres, surdez, desordens intestinais e baixa pressão arterial. A sua associação com o Ascendente produz surdez, gaguez, veias proeminentes, corpo emaciado. Os períodos planetários de ketu são períodos de crise e de perdas em vários níveis, a  menos que Ketu receba o aspeto próximo de outro planeta funcional benéfico.
Para aprofundar os seus conhecimentos acerca de Rahu e de Ketu , pode ler:

Os Significados Gerais dos Planetas- Júpiter e Vénus

jup

  Significados Gerais do Planeta Júpiter

Júpiter rege todas as posições respeitáveis de topo na área financeira e dos bancos, no tesouro,  nos templos, nas instituições de caridade, nos tribunais. Simboliza os rendimentos dos impostos,  a riqueza , a educação  superior, o saber da tradição conservado nos textos, a Lógica, o conhecimento, o  controlo sobre os sentidos, a devoção, as boas qualidades morais,  virtude,  religião e os atos de fé, os rituais religiosos, os avós do lado paterno. Quando está forte no horóscopo, simboliza posições de topo na administração, na política, em empresas financeiras e industriais,  posições elevadas na hierarquia governamental, os burocratas, os advogados e juízes, os  padres, professores, advogados, astrólogos, os  peritos em gestão.

Júpiter rege as cores amarelas, os tesouros, os locais prestigiados onde se aprende e aplica a Lei,  onde se  cultiva a devoção e se aplica a sabedoria, como as universidades e os tribunais, os altares dos templos, os parlamentos, as instituições de caridade, os  Mosteiros , as  instituições financeiras de nível elevado.

Júpiter rege todas as posições respeitáveis de topo na área financeira e dos bancos, no tesouro,  nos templos, nas instituições de caridade, nos tribunais. Simboliza os rendimentos dos impostos,  a riqueza , a educação  superior, o saber da tradição conservado nos textos, a Lógica, o conhecimento, o  controlo sobre os sentidos, a devoção, as boas qualidades morais,  virtude,  religião e os atos de fé, os rituais religiosos, os avós do lado paterno. Quando está forte no horóscopo, simboliza posições de topo na administração, na política, em empresas financeiras e industriais,  posições elevadas na hierarquia governamental, os burocratas, os advogados e juízes, os  padres, professores, advogados, astrólogos, os  peritos em gestão.

Júpiter rege as cores amarelas, os tesouros, os locais prestigiados onde se aprende e aplica a Lei,  onde se  cultiva a devoção e se aplica a sabedoria, como as universidades e os tribunais, os altares dos templos, os parlamentos, as instituições de caridade, os  Mosteiros , as  instituições financeiras de nível elevado.

a, com cabelo castanho fino, olhos claros, corpo grande. Fisicamente representa as coxas, o tecido gordo, o sistema arterial e o sangue, as glândulas, o fígado e a bexiga, a glândula pancreática, a digestão, a capacidade de absorção, as orelhas e a audição, o umbigo, os pés, o desenvolvimento físico, a garganta e o palato. A fraqueza do planeta no horóscopo pode indicar problemas de circulação do sangue e da linfa, inclina para trombose, anemia, tumores, icterícia, problemas no fígado e nos ouvidos, flatulência e outros problemas digestivos, diabetes e outras doenças relacionadas com o pâncreas, asma, tuberculose, etc.

Na carreira/profissão, Júpiter está relacionado com posições respeitáveis e elevadas nos bancos, instituições legais, empresas, templos, escolas, etc. Pode mostrar uma profissão relacionada com os impostos, com o tesouro, com instituições de caridade, etc. Indica muitas vezes o juiz, o advogado, o auditor, o professor, o editor, o sábio, o santo, o padre, o corretor do mercado bolsista, o financeiro, o ministro, o filósofo, o conselheiro.

Para uma leitura mais aprofundada dos significados do planeta Júpiter, consulte os nossos artigos aqui e aqui.

Significados Gerais do Planeta Vénus

Vénus relaciona-se com os prazeres dos sentidos, com o casamento, representa a esposa, os ornamentos e as jóias, os artigos de luxo, a condução (de veículos), os lugares húmidos, o desejo sexual e o sémen, a prata, as pedras preciosas, as pérolas, as flores, os confortos, os perfumes e fragrâncias, as boas roupas, o egoísmo, os pais da esposa, os avós por parte da mãe; simboliza a beleza, o soro de leite azedo, a juventude, a dança, a música, a representação teatral, o cabelo negro, os desportos, a voluptuosidade e a líbido. Vénus também se associa ao ensino e ao conhecimento, ao amor, ao espírito de equipa, à pele, ao conhecimento de remédios que salvam a vida, às artes, à administração financeira, ao cinema e ao teatro, à pintura, à música, ao design, arquitetura, decoração de interiores, publicidade, moda, hotelaria, medicina.
Vénus representa uma natureza sensual, generosa e benevolente e um temperamento jovial e flexível.

Vénus rege a cor azul real e as cores variegadas, o elemento aquoso, o sentido do tato, a prata e o diamante, os locais de prazer e de diversão, os teatros, cinemas, restaurantes, quartos de dormir, galerias de arte, locais de espetáculos de ópera, de dança, de música clássica, os salões de beleza, os clubes e lojas de moda, os cantores, os festivais. Também representa as pessoas que criam e que estão ligadas à indústria do entretenimento,as atividades associadas ao prazer e à beleza. Representa igualmente todas aas pessoas que ganham a vida através da vida artística. Vénus é o significador (karaka) geral para os bens, os veículos, os meios de transporte, o romance, a família, os laços conjugais, os rendimentos e ganhos, a prosperidade, a riqueza, os objetivos materialistas, a boa situação financeira, a posição profissional.

No corpo ,Vénus representa a pélvis e os órgãos sexuais, a reprodução, os óvulos e  o sémen, as partes privadas, os rins, a face, os olhos, o pescoço e a garganta, o  queixo, as bochechas,   a pele, o sistema venoso, etc.

Quando Vénus está forte no horóscopo a pessoa é dotada de  forte sentido estético, tem objetivos mundanos, capacidades psíquicas, um  comportamento correto, goza de confortos e de luxos, vive  num ambiente rodeado de beleza  e tem  uma vida confortável. Vénus forte também dá beleza e criatividade, gosto refinado, uma natureza amigável, sucesso no casamento e no amor, elegância e harmonia na vida  bem como uma  sensualidade refinada.

Quando, pelo contrário, Vénus está fraco no horóscopo, causa doenças venéreas, doenças urinárias e do sistema reprodutor, diabetes, anemia, pedra na bexiga ou nos rins, cataratas, asma, paralisia, tuberculose, vulnerabilidade a constipações, impotência ou frigidez sexual etc.

No temperamento,  quando está fraco, Vénus  produz  inclinação para a preguiça e para a vaidade, dependência de vícios, ganância, sentimentalismo, sensualidade excessiva, ausência de refinamento ao nível dos gostos e das atitudes.

Na carreira e na profissão, Vénus simboliza as carreiras artísticas: o dramaturgo, o músico, o poeta, o pintor, o dançarino, o ator, o arquiteto, o designer , especialmente de moda, o decorador (de ambientes), os profissionais do cinema, os perfumistas, os costureiros, os comerciantes de automóveis, os joalheiros, os engenheiros civis,  os cobradores de impostos, os esteticistas, os oficiais da marinha, os industriais de laticínios, o exploradores  de caminhos de ferro, os conselheiros financeiros, os  exploradores de locais de diversão e do sexo, os industriais de tecelagem, os designers de moda,  exploradores de ginásio  e  de SPA, etc.

Para uma leitura mais aprofundada sobre os significados de Vénus consulte os nossos artigos aqui e aqui.

Exemplificação Prática da Primeira Análise do Horóscopo

ana
Para exemplificar os procedimentos que explicámos no último artigo  vamos mostrar   as informações que  conseguimos recolher e analisar com a informação publicada até ao momento neste blog:
Começámos por introduzir os dados do nascimento no software, tendo o cuidado de diminuir uma hora na timezone do menu Birthdata, uma vez que, conforme explicado previamente, o programa Jaganatha Hora tem dados errados sobre a hora legal portuguesa. Para encontrar o dasha operante no momento do nascimento clicámos em cima no separador do menu «dashas». O primeiro que parece é o dasha operante no momento do nascimento. Para regressar à página do programa que contém a informação básica clicamos no separador  «basics» no menu superior.  Olhamos para a coluna dos Nakshatras, ao lado da posição dos planetas e copiamos o Nakshatra onde se encontra a Lua, para a nossa folha.  Preenchemos seguidamente os dados restantes  na tabela:
Para sabermos qual a casa onde se encontram os planetas, olhamos para a carta astrológica «Rasi», que é a primeira no canto superior esquerdo. Começamos por ver qual o signo onde se encontra o Ascendente, que é a 1ª casa  e contamos a partir daí as restantes casas. Os nomes dos planetas estão em Inglês mas não são difíceis de entender.  Enquanto não tiver prática de trabalhar com horóscopos, aconselhamos são  que desenhe a carta astrológicca num caderno ou folha de papel e que coloque os signos pela ordem correta. Marque de seguida a casa que contém o Ascendente e escreva  o nº das restantes casas em cada uma. Se conhecer os símbolos dos planetas, tal como usados na Astrologia Ocidental, por uma questão prática- na Astrologia Jyotish esses símbolos não são usados mas ajudam bastante a simplificar a escrita-  coloque em cada uma das casas os planetas respetivos. Isso ajudará a ter uma perspetiva global do horóscopo e auxilia  a encontrar e a organizar a informação.
Para sabermos quais são os planetas funcionais maléficos vamos ver  quais os signos mooltrikona que ocupam casas maléficas- a 6ª, 8ª e 12ª. Neste  caso, a 6ª casa é ocupada pelo signo  Capricórnio que não é um signo Mooltrikona, logo, Saturno não é um planeta funcional maléfico para este Ascendente; a 8ª casa é ocupada pelo signo  Peixes, que também não é um signo Mooltrikona, logo, Júpiter não é um planeta funcional  maléfico para este Ascendente; a 12ª casa é ocupada pelo signo  Gémeos , que também não é um signo Mooltrikona, por isso Mercúrio não é um planeta funcional maléfico para este Ascendente. Por isso concluímos que apenas Rahu e Ketu são os planetas funcionais maléficos para este Ascendente.
Finalmente,  usamos o software para encontrar as forças dos planetas, clicando no separador  strengths e copiamos os dados contidos nos gráficos. Obtemos a seguinte informação global:
Nome:  Helena P.
Data de Nascimento: 18 de Maio de 1983
Hora de Nascimento: 12.15m
Local de Nascimento: Loulé, Portugal
Período Dasha Operante no momento do Nascimento: Mercúrio (desde 5/8/1979 até 5/8/1996
Grau do Ascendente: 17º 11 ‘
Nakshatra da Lua: Aslesha
Colocado no signo
Signo Navamsa
Colocado na casa
Casas que rege
Planetas func.malef
Força
Ashtak
força
vimsopak
força
shadbala
Asc
Lagna
Leão
virgem
4
Sol
Touro
Aquári
10ª
6
12
20
Lua
Carangu
Sagitári
12ª
12ª
4
11.6
8.6
Marte
Touro
Peixes
10ª
4ª, 9ª
5
14.3
11.8
Merc
Carneiro
Escorpi
2ª,11ª
6
15.8
12
Vénus
Gémeos
Aquári
11ª
3ª, 10ª
6
13.7
12
Júpiter
Escorpi
Escorp
5ª, 8ª
3
12,7
9.9
Saturno
Balanç
Escorp
6ª,7ª
10.4
10.1
Rahu
Gémeos
Balança
11ª
Rahu
9.9
Ketu
Sagitário
Carneir
Ketu
13.5
Ao observarmos a tabela como um todo, observamos de imediato alguns aspetos que nos permitem considerar  este horóscopo como potencialmente forte: a Lua está no próprio signo; Saturno está colocado no signo de exaltação; Rahu e Ketu estão muito bem colocados, respetivamente em Gémeos e em Sagitário, considerados por vários astrólogos como os seus signos de exaltação. Júpiter ocupa o mesmo signo na Navamsa, uma condição  que se designa por vargottama e que, caso o planeta seja forte no horóscopo, se torna muito auspiciosa.
Finalmente, olhamos para as forças Ashtakavarga, Shadbala e Vimsopack e notamos que os planetas são fortes neste primeiro olhar pois estão todos acima da média (10 para shadbala e vimsopack) e 3 para a Ashtakavarga. O Sol tem mesmo uma impressionante  força máxima de 20 pontos na shadbala.
É  claro que  esta primeira impressão precisa de ser confirmada com o estudo dos aspetos dos planetas e das relações que eles mantêm entre si e com as casas do horóscopo. Mas cada coisa a seu tempo.
Para treino das suas capacidades de análise sugerimos que repita cada um destes procedimentos usando o software e confira se obtém todos estes resultados. Seguidamente faça o mesmo com o seu próprio horóscopo.

Recolher informação no Software para Iniciar a Análise do Horóscopo

infor
Fazemos uma pausa na descrição dos signifcados gerais dos planetas para efetuar um exercício de aplicação do que aprendemos até agora.  Para tal vamos regressar ao artigo inicial que ensina a obter a sua carta astrológica e copiar  a informação relevante para iniciar a análise do horóscopo. Na tabela que incluímos abaixo, vamos preencher os dados:
Ao abrirmos o programa Jaganatha hora, e depois de introduzirmos os dados conforme as instruções dadas, o programa apresenta, no lado esquerdo, um conjunto de cartas astrológicas, de que a primeira é o horóscopo de nascimento e contém a designação «Rasi». Ao lado está a varga Navamsa e, seguidamente outras vargas divisionais de que falaremos posteriormente. Por agora, estamos interessados em obter a informação  básica que nos  permitirá iniciar a análise das promessas natais. Para compreender plenamente o  que vamos dizer, você deverá ter o software aberto  :
Olhamos para o lado direito da página, onde podemos ver a informação sobre a colocação do Ascendente e dos planetas, começando pelo Ascendente que tem a designação de «Lagna». ao lado está  o grau, minutos e segundos em que está colocado num determinado signo. Anotamos essa informação na tabela. Após o Ascendente temos a posição do Sol, da Lua, e dos restantes planetas. Vamos anotar a posição dos signos  tendo em conta os graus, minutos e segundos da sua longitude. Repetimos o procedimento até termos copiado as posições dos nodos, Rahu e Ketu. Vamos deixar, por agora, as outras referências que aparecem nas informações, para este item. Ao lado da  posição por signo, temos também a posição no Nakshatra, para o Ascendente e para cada um dos planetas. Para já vamos  anotar essa informação apenas para a Lua. A seguir à colocação por Nakshatra, o programa dá-nos também a informação sobre a posição na «parte» do Nakshatra em que o planeta se encontra colocado, e que tem o nome de «pada». Vamos ignorar por agora esse dado. A seguir apresenta-se o signo em que o planeta se encontra (Rasi) e o Navamsa  que ele ocupa. Copiamos a posição Navamsa para cada planeta e para o Ascendente. Esta informação será importante para determinarmos a força do planeta.
Olhando para o menu superior  da página do programa em que nos encontramos, vemos que a página onde recolhemos esta informação tem a designação de «basics». Mesmo ao lado, temos outro separador, com o nome «strengths». Clicamos nesse separador e vemos que nos são apresentados vários gráficos. Copiamos os valores para cada um dos planetas e o Ascendente referentes à força vimsopacka e shadbala e inscrevemo-los na tabela. A força vimsopack vai de 0 a 20 sendo que 0 é o mínimo e 20 é o máximo. Esta força é importante porque resulta da comparação da colocação dos planetas nas diferentes vargas divisionais.  Quanto mais elevado for este valor mais forte potencialmente é o planeta. A força shadbala mede a força absoluta do planeta , (de acordo com a sua natureza, isto é, um planeta maléfico com grande força Shadbala adquire poder para causar mal ) é também um indicador quantitativo importante na Jyotish. É dada em pontos de 0 a 200 e, do mesmo modo, quanto mais elevado for, maior é a força do planeta. Tanto na vimsopack como na shadbala  considera-se que é necessário o planeta obter pelo menos o valor 10 para a sua força conseguir produzir resultados. Finalmente, há ainda uma outra forma de determinar a força dos planetas, de modo quantitativo: é a força Ashtakavarga.  Esta força aplica-se na análise das casas e dos planetas em cada signo. Vamos focar-nos, para já, apenas nos signos:
Na mesma página em que , no programa, obtemos as forças vimsopak e Shadbala, temos, no menu inferior do lado esquerdo da página, a palavra «Ashtakavarga». Vamos clicar nessa palavra.  Vemos em primeiro lugar a força Ashtakavarga das casas do horóscopo. Ao lado, temos depois desenhada uma carta astrológica para cada um dos planetas e Ascendente, começando pelo Ascendente e depois percorrendo os vários planetas.  Como ler esta informação? É simples. Vamos recordar o que aprendemos neste artigo e, tendo selecionado o formato da carta do sul da Índia, lembramo-nos de que, nesse formato, os signos têm uma posição fixa. Colocamos mentalmente cada signo na carta que nos aparece no programa e observamos que a posição por  casa do signo de cada planeta do nosso horóscopo e observamos que a casa onde ele se encontra aparece sombreada. Dentro dessa casa sombreada está um número, que pode ir de 0 a 8. Quanto maior for o número, mais forte é o planeta. É raro encontrar 0 ou 8 e, de modo geral, considera-se que um planeta, para ter efeitos positivos no horóscopo, deverá ter pelo menos o valor 3. Repare também que existem números diferentes para a colocação do mesmo planeta nos outros signos. Essa informação é-nos muito útil quando temos que analisar a força de um planeta nos trâsnitos, quando ele muda de signo e não se encontra na posição natal. Para os nodos Rahu e Ketu não se determina a força shadbala nem Ashtakavarga.
Agora vamos olhar para os dados do nosso horóscopo e compará-los com o que acabámos de dizer. Tendo em conta toda a informação já transmitida, vamos interpretar  os elementos referidos e fazer uma primeira análise do horóscopo, preenchendo todas colunas da tabela fornecida. Escreva a sua interpretação. Irá aperfeiçoá-la à medida que formos prosseguindo e àmedida que você for dominando os conceitos entretanto introduzidos.
 
Nome:
Data de Nascimento:Hora de Nascimento:Local de Nascimento:

Período Dasha Operante no momento do Nascimento:

Grau do Ascendente:

Nakshatra da Lua:

Colocado no signo
Signo Navamsa
Colocado na casa
Casas que rege
Planetas func.malef
Força
Ashtak
força
vimsopak
força
shadbala
Asc
Sol
Lua
Marte
Merc
Vénus
Júpiter
Saturno
Rahu
Ketu